oferecimento
Esqueci minha senha
Paulo Walter

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

Sem escolta, carga especiais ficam parada, impedidas de transitar pelas rodovias federais

Em Joaçaba (SC), na fábrica da WEG, carretas com 20 metros de comprimento e 3,20 metros de largura, carregadas com três pré-distribuidores de energia estão paradas desde o dia 18 de julho. Com destino a uma usina hidrelétrica em Santa Helena de Goiás (GO), elas precisam ser acompanhadas por batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em um trajeto de 1.350 quilômetros, grande parte em estradas não duplicadas.

Sem dinheiro para gasolina e diárias dos policiais durante a viagem, prevista para durar 12 dias, a PRF suspendeu os acompanhamentos a essas cargas especiais, entre outros serviços. Para cada um dos pré-distribuidores seriam recolhidos R$ 11 mil, pagos à PRF. As guias, porém, não puderam ser emitidas porque o sistema foi tirado do ar.

A mesma situação acontece em Jaraguá do Sul (SC) e nos portos de Itajaí (SC) e Pecém (CE), a situação se repete: são mais 36 geradores para parques de energia eólica que estão prontos ou começaram a fazer navegação de cabotagem e ficaram parados no caminho.

Leia o restante da matéria no ESTADÃO

Fonte: Estadão

07/08/2017
Sem escolta, carga especiais ficam parada, impedidas de transitar pelas rodovias federais" addthis:description="Em Joaçaba (SC), na fábrica da WEG, carretas com 20 metros de comprimento e 3,20 metros de largura, carregadas com três pré-distribuidores de energia estão paradas desde o dia 18 de julho. Com destino a uma usina hidrelétrica em Santa Helena de Goiás (GO), elas precisam ser acompanhadas por batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), […]">

ELEIÇÕES GERAIS DO SISTEMA CONFEA/CREA E MÚTUA – 2017

Atendendo a legislação, temos este ano as Eleições Gerais do Sistema Confea/Crea, que ocorrerão em 13 de novembro de 2017.
O pleito será realizado simultaneamente em todo o país, das 09h às 19h, obedecidos os horários locais. Os cargos em disputa são os seguintes, conforme discriminado abaixo:
1 Presidente do Confea
27 Presidentes dos Creas
27 Diretores Gerais das Caixas de Assistência dos Profissionais Creas (Mútuas Regionais)
27 Diretores Administrativos das Caixas de Assistência dos Profissionais Creas (Mútuas Regionais)
1 Conselheiro Federal pelo Estado do Acre – Modalidade Civil
1 Conselheiro Federal pelo Estado de Alagoas – Modalidade Industrial
1 Conselheiro Federal pelo Estado do Amapá – Grupo Agronomia
1 Conselheiro Federal pelo Estado do Rio de Janeiro – Modalidade Elétrica
1 Conselheiro Federal pelo Estado de Sergipe – Grupo Agronomia

Para participar, candidatar-se, votar e também saber mais informações, acesse o site do CONFEA

04/08/2017
ELEIÇÕES GERAIS DO SISTEMA CONFEA/CREA E MÚTUA – 2017" addthis:description="Eleições Gerais do Sistema Confea/Crea, que ocorrerão em 13 de novembro de 2017, em todo o país">

eSocial entra em vigor e até a área de SMS da empresa precisa se atualizar

A entrada oficial obrigatória do eSocial, que promete não ser mais prorrogado, está fazendo com que as empresas dediquem boa parte dos seus esforços para reestruturar a organização dos seus dados.

Um ponto específico que chama atenção é a parte relativa ao cuidado com a medicina e segurança do trabalho. Todos os setores devem cumprir essas obrigações, mas para a indústria é um ponto de alta criticidade, com normas regulamentadoras bastante rígidas.

O negócio vai muito além do compliance fiscal. Setores como o de RH e SMS (Saúde, segurança e Meio Ambiente) devem estar atentos a coisas como o cadastro e gerenciamento dos equipamentos de segurança, sejam os EPI’s (Equipamento de Proteção Individual) ou EPC’s (Equipamento de Proteção Coletivo). Para os individuais, será necessário que o sistema de gestão permita o controle de distribuição aos funcionários dos equipamentos de proteção, de acordo com o centro de custos, função exercida e ambientes de risco a que estão expostos. Além disso, deverá estar nos sistema controle da emissão de recibo de entrega e recebimento e o monitoramento do vencimento do certificado de aprovação de cada equipamento.

Até a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), deverá estar no sistema do eSocial com o registro de mandatos, eleições, reuniões, investigação de acidentes ocorridos e planos de ação para evitar novos eventos.

O que muito pouca gente se atentou é que o eSocial também exigirá a entrega da tabela de ambientes de trabalho, isto é, a empresa vai ter que mapear todas as suas áreas, dimensionar quais são os fatores de riscos existente e apresentar a CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho). Além de administrar essas informações, tudo será feito pelo sistema como a emissão da CAT, quando de ocorrência de acidente do trabalho, que deve ser protocolada pela Previdência Social pelo gestor de segurança da companhia.

Com o advento eSocial as empresas estarão obrigadas a automatizarem e controlarem os seus processos para o cumprimento das normas com consistência de dados e agilidade. Tudo passa a ser gerenciado pelo software, desde o monitoramento da saúde do trabalhador, controle de insalubridade e periculosidade, até a aposentadoria.

Paulo Walter

26/07/2017
eSocial entra em vigor e até a área de SMS da empresa precisa se atualizar" addthis:description="A entrada oficial obrigatória do eSocial, que promete não ser mais prorrogado, está fazendo com que as empresas dediquem boa parte dos seus esforços para reestruturar a organização dos seus dados. Um ponto específico que chama atenção é a parte relativa ao cuidado com a medicina e segurança do trabalho. Todos os setores devem cumprir […]">

Taxa de desemprego entre os jovens é sempre muito grande em qualquer lugar do mundo

Segundo as informações divulgadas no encontro do G20 (vinte maiores economias do planeta), o desemprego entre os trabalhadores mais jovens é sempre muito grande: Espanha: 39.3% Italia: 34% Turkia: 23.3% França: 21.7% Holanda: 9.5% EUA: 8.8% Alemanha: 6.8% Japão: 4.4%

12/07/2017
Taxa de desemprego entre os jovens é sempre muito grande em qualquer lugar do mundo" addthis:description="Segundo as informações divulgadas no encontro do G20 (vinte maiores economias do planeta), o desemprego entre os trabalhadores mais jovens é sempre muito grande: Espanha: 39.3% Italia: 34% Turkia: 23.3% França: 21.7% Holanda: 9.5% EUA: 8.8% Alemanha: 6.8% Japão: 4.4%">

Xô crise: Cresce a formalização de trabalhadores por conta própria no Brasil

O número de formalizações de trabalhadores como Microempreendedor Individual (MEI) aumentou 14,9% nos últimos 12 meses, segundo dados do Observatório Nacional do Mercado de Trabalho. Até 31 de maio, 7.119.291 trabalhadores estavam inscritos como MEI.

De acordo com o Observatório Nacional do Mercado de Trabalho, o percentual de trabalhadores por conta própria que contribuem para a Previdência Social passou de 23,1% em 2012 para 31,2% em 2016. “Esse aumento pode estar relacionado ao crescimento de trabalhadores optantes pelo MEI”, afirma o secretário de Política Pública de Emprego (SPPE), Leonardo Arantes.

04/07/2017
Xô crise: Cresce a formalização de trabalhadores por conta própria no Brasil" addthis:description="O número de formalizações de trabalhadores como Microempreendedor Individual (MEI) aumentou 14,9% nos últimos 12 meses, segundo dados do Observatório Nacional do Mercado de Trabalho. Até 31 de maio, 7.119.291 trabalhadores estavam inscritos como MEI. De acordo com o Observatório Nacional do Mercado de Trabalho, o percentual de trabalhadores por conta própria que contribuem para […]">

As rápidas mudanças na área de acumulação e distribuição de energia. Esteja atento.

A empresa que mais se valorizou nos últimos meses na bolsa de Nova York foi a TESLA, a SIEMENS investe investe 43 milhões de dólares em empresa que tem infraestrutura de recarregamento de automóveis elétricos, a AGGREKO investe 40 milhões de libras esterlinas numa empresa especializada em sistemas de acumulação de energia (baterias). E por aí vai. Tá ligado?

03/07/2017
As rápidas mudanças na área de acumulação e distribuição de energia. Esteja atento." addthis:description="A empresa que mais se valorizou nos últimos meses na bolsa de Nova York foi a TESLA, a SIEMENS investe investe 43 milhões de dólares em empresa que tem infraestrutura de recarregamento de automóveis elétricos, a AGGREKO investe 40 milhões de libras esterlinas numa empresa especializada em sistemas de acumulação de energia (baterias). E por […]">

SHELL investe no mercado de reciclagem de óleos vegetais, óleos lubrificantes e graxas

A Royal Dutch Shell plc, através da sua subsidiária Shell International Exploration and Production B.V. (“Shell”), e a SBI BioEnergy Inc. chegaram a um acordo que concede aos direitos exclusivos de desenvolvimento e licenciamento da Shell para a tecnologia de biocombustíveis da SBI. A SBI, com base em Edmonton, possui um processo patenteado que pode converter uma ampla gama de óleos usados, graxas e óleos vegetais sustentáveis ​​em baixas taxas de carbono para o diesel, combustível para jatos e gasolina. Sob o acordo, a Shell e o SBI trabalharão em conjunto para demonstrar o potencial da tecnologia e, se for bem sucedido, ampliar a aplicação comercial.

28/06/2017
SHELL investe no mercado de reciclagem de óleos vegetais, óleos lubrificantes e graxas" addthis:description="A Royal Dutch Shell plc, através da sua subsidiária Shell International Exploration and Production B.V. (“Shell”), e a SBI BioEnergy Inc. chegaram a um acordo que concede aos direitos exclusivos de desenvolvimento e licenciamento da Shell para a tecnologia de biocombustíveis da SBI. A SBI, com base em Edmonton, possui um processo patenteado que pode […]">

Pequenos negócios respondem por 91% das vagas de empregos geradas em maio

Do total das 34,2 mil vagas de trabalho criadas em maio deste ano, as micro e pequenas empresas foram as responsáveis por 31,2 mil, o que corresponde a 91% do total de novos empregos gerados no período.

Em vista do que o país precisa esses números são o que tecnicamente chamamos de “merreca”. Mas já pensou o que seria de nós sem a pujança empreendedora do nosso povo?

Vida longa à micro e pequena empresa!

28/06/2017
Pequenos negócios respondem por 91% das vagas de empregos geradas em maio" addthis:description="Do total das 34,2 mil vagas de trabalho criadas em maio deste ano, as micro e pequenas empresas foram as responsáveis por 31,2 mil, o que corresponde a 91% do total de novos empregos gerados no período. Em vista do que o país precisa esses números são o que tecnicamente chamamos de “merreca”. Mas já […]">

Utilização da Capacidade Instalada da Indústria alcançou 66% em maio

A Sondagem Industrial mensal feita pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) mostra que utilização média da capacidade instalada ficou em 66% em maio, 3 pts percentuais acima do registrado em abril.

A pergunta é: como fazer planejamento de manutenção, ajustando recursos às necessidades de disponibilidade e confiabilidade de máquinas, com o uso tão baixo da capacidade produtiva das nossas empresas?

26/06/2017
Utilização da Capacidade Instalada da Indústria alcançou 66% em maio" addthis:description="A Sondagem Industrial mensal feita pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) mostra que utilização média da capacidade instalada ficou em 66% em maio, 3 pts percentuais acima do registrado em abril. A pergunta é: como fazer planejamento de manutenção, ajustando recursos às necessidades de disponibilidade e confiabilidade de máquinas, com o uso tão baixo da […]">

Índice Nacional de Expectativa do Consumidor fica estável no mês de Junho

O INEC de junho de 2017 registra 100,5 pontos, praticamente o mesmo valor do mês anterior (100,6 pontos) e de junho de 2016 (101 pontos). Este índice é também 7,4% inferior à média histórica. Desde junho de 2016 o INEC oscila entre 100 e 105 pontos.

Fonte: Portal da Indústria – CNI

26/06/2017
Índice Nacional de Expectativa do Consumidor fica estável no mês de Junho" addthis:description="O INEC de junho de 2017 registra 100,5 pontos, praticamente o mesmo valor do mês anterior (100,6 pontos) e de junho de 2016 (101 pontos). Este índice é também 7,4% inferior à média histórica. Desde junho de 2016 o INEC oscila entre 100 e 105 pontos. Fonte: Portal da Indústria – CNI">

Começa hoje em São Paulo o Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria.

Ainda dá tempo de participar: http://www.congressodeinovacao.com.br/

26/06/2017
Começa hoje em São Paulo o Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria." addthis:description="Ainda dá tempo de participar: http://www.congressodeinovacao.com.br/">

Cadê o emprego que estava aqui? A automação comeu ou a internet abduziu.

A crise de empregos que assola o país tem muitas causas. Não podemos culpar só o governo catastrófico, que por 14 anos fez o que podia para ferrar o funcionamento da economia nacional. A maior praga que nos aflige se deve a falta de investimentos em educação, pesquisa e desenvolvimento do mercado nacional (coisas onde o governo também é o principal responsável) são hoje uma unanimidade entre os economistas que fazem um diagnóstico do cenário atual, coçando a barbicha para enxergar algo de bom no futuro.

A automação é sim um grande vetor, que precisa ser encarada com seriedade por todos nós, seja do ponto de vista coletivo ou individual.

Veja no link abaixo uma excelente apresentação da BLOOMBERG onde se pode ver quais são os empregos que estão mais sujeitos a desaparecerem nos próximos anos por conta de deste bicho papão chamado AUTOMAÇÃO.

https://www.bloomberg.com/graphics/2017-jobs-automation-risk/

23/06/2017
Cadê o emprego que estava aqui? A automação comeu ou a internet abduziu." addthis:description="A crise de empregos que assola o país tem muitas causas. Não podemos culpar só o governo catastrófico, que por 14 anos fez o que podia para ferrar o funcionamento da economia nacional. A maior praga que nos aflige se deve a falta de investimentos em educação, pesquisa e desenvolvimento do mercado nacional (coisas onde […]">

Empreender se torna saída ao desemprego

Número de empresas criadas no 1º tri de 2017 é recorde, diz Serasa Experian.
Entre janeiro e março foram criados 581.242 novos empreendimentos no país, maior número registrado desde 2010, e 12,6% superior ante o 1º tri de 2016.

Fonte: Site do G1

20/06/2017
Empreender se torna saída ao desemprego" addthis:description="Número de empresas criadas no 1º tri de 2017 é recorde, diz Serasa Experian. Entre janeiro e março foram criados 581.242 novos empreendimentos no país, maior número registrado desde 2010, e 12,6% superior ante o 1º tri de 2016. Fonte: Site do G1">

5 bilhões de pessoas têm smartphones

Dois terços da população mundial estão plugados diariamente. É muita gente. É muita conexão.

A China é o país que mais ajuda o resto do planeta a atingir esse patamar de dois terços da população mundial conectada. Lá, mais de 1 bilhão de pessoas têm smartphones.

A Índia também não fica muito para trás: são mais de 730 milhões de dispositivos móveis com acesso à internet em uso atualmente.

E ainda tem gente que ignora essa conectividade na hora de fazer o marketing de suas empresas.

20/06/2017
5 bilhões de pessoas têm smartphones" addthis:description="Dois terços da população mundial estão plugados diariamente. É muita gente. É muita conexão. A China é o país que mais ajuda o resto do planeta a atingir esse patamar de dois terços da população mundial conectada. Lá, mais de 1 bilhão de pessoas têm smartphones. A Índia também não fica muito para trás: são […]">

Emprego, emprego meu. Tem alguém mais insatisfeito do que eu?

Pesquisa recente sobre EMPREGABILIDADE, feita pela RBM – Rede Brasileira de Manutenção, através do site www.indicadoresdegestao.com, mostra dados muito interessantes sobre como as pessoas estão em busca de trabalho em tempos de crise geral.

85% dos profissionais estão cadastrados em pelo menos 1 site de vagas. 39% dos participantes da pesquisa estão cadastrados no Facebook enquanto esse percentual é de 85% no que se refere ao Linkedin.

Um dado impressionante: 85% das pessoas que estão empregadas estão buscando um outro lugar para trabalhar. A insatisfação de quem, apesar da crise, tem um salário a receber no fim do mês, mostra que há pontas várias neste nó da crise da economia brasileira. Desatar essa amarração não vai ser fácil. Quem sobreviver, verá. Ou não.

Veja aqui os números da pesquisa totalizados até o dia 12 de junho último.

Abraços

Paulo Walter

13/06/2017
Emprego, emprego meu. Tem alguém mais insatisfeito do que eu?" addthis:description="Pesquisa recente sobre EMPREGABILIDADE, feita pela RBM – Rede Brasileira de Manutenção, através do site www.indicadoresdegestao.com, mostra dados muito interessantes sobre como as pessoas estão em busca de trabalho em tempos de crise geral. 85% dos profissionais estão cadastrados em pelo menos 1 site de vagas. 39% dos participantes da pesquisa estão cadastrados no Facebook […]">

Você sabia? Termo de Reciprocidade permite aos profissionais da Engenharia brasileiros e portugueses a requererem o registro recíproco.

O Termo de Reciprocidade firmado entre o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia e a Ordem de Engenheiros de Portugal (OEP), em setembro de 2015, e seu termo aditivo, assinado em 15 de abril de 2016, permite aos profissionais da Engenharia brasileiros e portugueses a requererem o registro recíproco.

Quer saber mais sobre Análise de Vibrações e Balanceamento de Máquinas? Acesse www.teknikao.com

Requisitos e formulários
O Termo de Reciprocidade aplica-se aos profissionais graduados que tenham cursado, no mínimo, 3.600 (três mil e seiscentas) horas no Brasil ou 5 (cinco) anos de estudos em Portugal. A Gerência de Tecnologia da Informação do Confea finalizou o desenvolvimento do sistema de registro dos interessados. Dessa forma, o profissional brasileiro que tiver interesse em trabalhar em Portugal, poderá se dirigir a qualquer Crea ou inspetoria, a partir de 25 de julho de 2016 e apresentar o Formulário de Requerimento e a documentação pertinente:
– Formulário de Requerimento
– Termo de Reciprocidade – aditivo 1 – aditivo 2

Mais informações no site do CONFEA

 

 

30/05/2017
Você sabia? Termo de Reciprocidade permite aos profissionais da Engenharia brasileiros e portugueses a requererem o registro recíproco." addthis:description="O Termo de Reciprocidade firmado entre o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia e a Ordem de Engenheiros de Portugal (OEP), em setembro de 2015, e seu termo aditivo, assinado em 15 de abril de 2016, permite aos profissionais da Engenharia brasileiros e portugueses a requererem o registro recíproco. Quer saber mais sobre Análise de […]">

Índice Nacional de Custo da Construção – (INCC-M) sobe 0,13% em maio

Depois de fechar abril com deflação de 0,08%, o Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em maio, taxa de variação de 0,13%. Os dados foram divulgados no último dia 26 pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Segundo a FGV, o grupo relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação em maio de -0,04%, deflação menor do que os 0,18% do mês anterior. Já o índice referente à Mão de Obra registrou alta de 0,27%, depois de ter ficado estável em abril (0,00%).

O INCC-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

29/05/2017
Índice Nacional de Custo da Construção – (INCC-M) sobe 0,13% em maio" addthis:description="O Índice Nacional de Custo da Construção registrou em maio taxa de variação de 0,13%. Os dados foram divulgados no último dia 26 pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV).">

Negócios na área de Serviços para Óleo e Gás no mundo todo deve alcançar a cifra de 125 bilhões de dólares em 2022.

Segundo o relatório “Mercado de Serviços de Campo na área Petrolífera por Aplicação (Onshore e Offshore), Serviço (Equipamentos e Serviços de Conclusão de Poços, Serviços de Intervenção de Bens, Serviços em Dutos, Serviços de Bombeamento de Pressão, OCTG e Serviços Fixos) Publicado pela MarketsandMarkets ™, espera-se que o mercado de serviços de petróleo cresça de US$ 106,43 bilhões em 2017 para US$ 125,51 bilhões em 2022, registrando um crescimento anual de 3,35% de 2017 para 2022. O mercado global deverá assistir a um crescimento significativo devido ao aumento da exploração de gás de xisto, aumento da produção de petróleo e gás e esforços crescentes na exploração de novas reservas de petróleo e gás.

29/05/2017
Negócios na área de Serviços para Óleo e Gás no mundo todo deve alcançar a cifra de 125 bilhões de dólares em 2022." addthis:description="Segundo o relatório “Mercado de Serviços de Campo na área Petrolífera por Aplicação (Onshore e Offshore), Serviço (Equipamentos e Serviços de Conclusão de Poços, Serviços de Intervenção de Bens, Serviços em Dutos, Serviços de Bombeamento de Pressão, OCTG e Serviços Fixos) Publicado pela MarketsandMarkets ™, espera-se que o mercado de serviços de petróleo cresça de […]">

OKR: A empresa alinhada em objetivos e resultados

São muitos os textos que já publiquei aqui neste Blog e em artigos no Linkedin falando sobre Gestão de Serviços (focado mais em Manutenção e Facilities), com dicas para se melhorar resultados e como divulga-los para conquistar mais adesão e apoio para um trabalho orientado por dados e fatos. Este é um assunto quase inesgotável pois sabemos que é muito frequente encontrarmos empresas e ou departamentos ou áreas cujos objetivos, missão, metas, mix de indicadores (KPIs) são um pouco confusos e a própria equipe não sabe de onde veio, como está indo, para onde deveria ir e para onde está indo de verdade.

A dificuldade maior encontrada na realidade de nossas empresas é que não há um trabalho estruturado, consistente, disciplinado, controlado e gerenciado para fazer “descer” a estratégia da empresa para todas as áreas – colocando na prática, no uso diário, as metas e objetivos que cada uma das áreas deve ter para somar no que se pretende como um todo para a empresa “conectada”.

Bússola e mapa para todos, com as responsabilidades de cada um na viagem.

De cima pra baixo

Quando faço trabalhos de campo, em consultorias para empresas que estão em busca de um alinhamento interno para maximização de resultados em tempos de recursos, as perguntas básicas que faço a todo mundo que possa entrevistar: Quais são os grandes objetivos estratégicos da sua empresa? E com quais resultados seus e de sua área você pretende ajudar a empresa a atingi-los?

Quando não há na empresa a cultura do Foco em Resultados, as pessoas respondem descrevendo o que imaginam ser suas tarefas.

Quando as pessoas listam suas contribuições para o sucesso da empresa e não o que é da sua rotina de trabalho, as respostas para essas duas perguntas já podem ser identificadas como os OKRs da empresa.

E o que é OKR? OKR (Objectives and Key Results) é um framework de definição de metas criado pela Intel e adotado por diversas empresas do Vale do Silício, como Google, Twitter, LinkedIn, Dropbox e GoPro.

Definir, implantar, disseminar e fazer acontecer os OKRs é da responsabilidade da alta gestão. É coisa que só se cristaliza vindo de cima para baixo.

Muitas empresas estabelecem a Missão, Visão, valores, Objetivos e Metas e isso vira um quadro emoldurado e pendurado na recepção. Serviço feito e que se pensa que dará os devidos efeitos pela organização como um todo.

Como definir e seguir os OKRs da minha área?

OKR da empresa gera o OKR da Produção. Dos OKR de produção se determinam os objetivos e resultados da Manutenção. Com base nos OKRs gerais da Manutenção posso definir os objetivos e resultados da área de Planejamento, Programação e Controle, por exemplo.

Esse alinhamento ou desdobramento das linhas dos “OKRs”  da empresa permitem que as áreas se entendam no que podem ajudar a atingir os tais resultados lá do topo da hierarquia.

Veja um exemplo:

Objetivo da empresa: Ser líder do segmento no País até o fim de 2018

Resultado (Key Result) da empresa: Estar entre as 3 empresas de menor custo de Produção do segmento até o fim de 2018

OKR da Produção: Atingir OEE de 85%, trabalhando em 3 turnos

OKR da Manutenção: Reduzir indisponibilidade de equipamentos críticos a 3%, implantar manutenção preditiva e TPM até o fim de 2017

OKR do PPCM: Implantar contrato de serviços para Manutenção Preditiva, contratar e treinar 8 colaboradores nos pilares do TPM até o fim de 2017.

Como se pode ver pelo exemplo acima, objetivos e resultados podem ou não ser numéricos. A definição do período de avaliação dos OKRs também deve estar alinhados com os OKRs gerais da empresa. Um OKR pode ser anual mas avaliado mensalmente. É o tal do work in progress, termo muito usado em projetos. 

Esse exemplo pode parecer muito simples e até com OKRs contraditórios, afinal se você quer reduzir custos como vai contratar mais gente para o staff  da Manutenção? A resposta é que ao colocar claramente os objetivos e resultados, você autoriza os recursos e direciona os esforços da área para os projetos estratégicos, em vez de deixá-la “no vácuo” trabalhando sem objetividade, em coisas desnecessárias ao mesmo tempo e o pior, sem entregar o que é verdadeiramente  importante.

E para que a gestão de verdade aconteça é mais que recomendável que cada empresa, cada área, tenha um sistema de controle de tempo investido nas tarefas, mesmo que seja um simples timesheet. Só assim se poderá saber quanto cada área trabalhou de fato nos OKRs da empresa – ou seja, quanto cada área se dedicou e aderiu aos projetos estratégicos da empresa.

De baixo da cima

Quem define as grandes linhas da empresa é o alto escalão, mas as linhas das áreas devem ser debatidas e construídas com quem de fato irá dar conta delas. Com essa tática de participação as equipes se engajarão mais facilmente nos OKRs por elas mesmas discutidos. Da empresa para a área, da área para o setor, do setor para cada profissional, todo mundo entendo seu lugar e importância dentro da organização.

Postos em prática, os OKRs se tornam um guia para o trabalho de todo dia.

Abraços

Paulo Walter
paulo.roberto@limawalter.com.br
Consultoria em Gestão de Serviços

26/05/2017
OKR: A empresa alinhada em objetivos e resultados" addthis:description="São muitos os textos que já publiquei aqui neste Blog e em artigos no Linkedin falando sobre Gestão de Serviços (focado mais em Manutenção e Facilities), com dicas para se melhorar resultados e como divulga-los para conquistar mais adesão e apoio para um trabalho orientado por dados e fatos. Este é um assunto quase inesgotável […]">

Participe da Pesquisa mensal sobre as Expectativas de Mercado e Profissionais da comunidade brasileira de Manutenção e Facilities

Fim de maio chegando (como passa rápido!!!) e é hora de responder a pesquisa mensal sobre as Expectativas dos Profissionais da Manutenção. Como fazemos todos os meses queremos saber como as pessoas que atuam na nossa área veem como as coisas vão se passar no curto, médio e longo prazo.
A pesquisa IC_MRO é mensal exatamente para captação da expectativa (confiança – otimismo ou pessimismo) dos profissionais da área de MRO (mercado de Manutenção e Facilities).
No questionário da pesquisa não há perguntas sobre números, apenas sobre quais são suas expectativas pessoais sobre o trabalho, a economia brasileira, o ambiente de negócios onde todos nós habitamos.

Convido-o participar deste trabalho, respondendo (não leva mais que 2 minutos) e assim receber de imediato os resultados finais da pesquisa.

O link da pesquisa é http://expectativasdamanutencao2017.questionpro.com/

Ao finalizar a pesquisa não se esqueça de salvar seu o relatório que é gerado na hora com suas respostas sendo comparadas com a média do mercado.

Desde já agradeço por sua colaboração constante.

Abraços,

Paulo Walter
paulo.walter@manutencao.net

23/05/2017
Participe da Pesquisa mensal sobre as Expectativas de Mercado e Profissionais da comunidade brasileira de Manutenção e Facilities" addthis:description="A pesquisa IC_MRO é feita mensalmente para captar a expectativa (confiança - otimismo ou pessimismo) dos profissionais da área de MRO (mercado de Manutenção e Facilities). ">

Andaime de Alumínio é mais leve e ajuda na questão ergonomica

12/05/2017
Andaime de Alumínio é mais leve e ajuda na questão ergonomica" addthis:description="">
123451020