oferecimento
Esqueci minha senha
Paulo Walter

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

Painel de Indicadores da Manutenção Brasileira – Dados de Setembro 2019

Quer receber gratuitamente o Painel de Indicadores da Manutenção Brasileira?

Nele a gente mostra como estão KPI importantes como Custos, MTBF, MTTR, Backlog e outros.

Responda a pesquisa mensal e faça a comparação entre seus KPI e os de seus concorrentes.

IMPORTANTE: Ao responder o questionário na íntegra você recebe o relatório completo com os dados do mês passado. https://paineldeindicadores.questionpro.com

18/10/2019
Painel de Indicadores da Manutenção Brasileira – Dados de Setembro 2019" addthis:description="Quer receber gratuitamente o Painel de Indicadores da Manutenção Brasileira? Nele a gente mostra como estão KPI importantes como Custos, MTBF, MTTR, Backlog e outros. Responda a pesquisa mensal e faça a comparação entre seus KPI e os de seus concorrentes. IMPORTANTE: Ao responder o questionário na íntegra você recebe o relatório completo com os […]">

PDM – Plano Diretor de Manutenção

16/10/2019
PDM – Plano Diretor de Manutenção" addthis:description="">

Bancada Redonda: Contribuição dos Operadores na Gestão de Ativos

Hoje, as 19:00, como toda quarta-feira, tem BANCADA REDONDA.
Eu e Sinkoc te aguardamos lá no YouTube.

Inscreva-se no Canal e fique por dentro de tudo que é novidade e importante no mundo da Gestão de Ativos.

16/10/2019
Bancada Redonda: Contribuição dos Operadores na Gestão de Ativos" addthis:description="Hoje, as 19:00, como toda quarta-feira, tem BANCADA REDONDA. Eu e Sinkoc te aguardamos lá no YouTube. Inscreva-se no Canal e fique por dentro de tudo que é novidade e importante no mundo da Gestão de Ativos.">

Marketing Influencer. Tá sabendo?

Please include attribution to influencermarketinghub.com with this graphic.The Rise of Influencer Marketing

03/10/2019
Marketing Influencer. Tá sabendo?" addthis:description="Please include attribution to influencermarketinghub.com with this graphic.">

Governo do Estado do Rio de Janeiro e Rock In Rio instalarão painéis solares em escolas públicas

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), e o Rock in Rio instalarão 14.600 painéis solares em 210 escolas públicas. A iniciativa permitirá que toda economia gerada pelos equipamentos seja 100% revertida para as unidades de ensino pelos próximos 25 anos.

Do total de painéis solares, 200 serão instalados pelo Governo do Estado e dez pela organização do Rock in Rio. Além de pioneiro no Brasil, o projeto “Rock in Rio Escola Solar” coloca o Rio de Janeiro na lista de cidades que utilizam tecnologia de ponta para otimização de resultados.

– Fizemos essa parceria com o Roberto Medina para instalação dos painéis solares nas escolas estaduais com o objetivo de estimular a energia renovável, uma energia limpa. O Rock in Rio é nosso parceiro e está comprometido com o futuro das próximas gerações seja no empreendedorismo, na energia, na cultura, na diversidade e no diálogo – destacou o governador Wilson Witzel.

A seleção das 210 escolas públicas que receberão os painéis solares será feita por meio de um concurso de redação com o tema “A mudança começa por você”. As unidades de ensino que mais se destacarem serão beneficiadas pelo projeto. Além disso, os 50 melhores textos ganharão um par de ingressos para o Rock in Rio 2021.

– Este projeto pioneiro será muito importante, pois vai gerar economia e promoverá a sustentabilidade nas escolas públicas. Com essa proposta, em que inicialmente serão contempladas 210 escolas, mas que tende a crescer ao longo do ano que vem, geraremos uma economia imediata de 30% nas contas de luz, podendo chegar a até 50%, pois juntamente com a instalação dos painéis solares, a Seeduc trocará os equipamentos das escolas por eletrodomésticos de consumo mais baixo e, também, a iluminação atual por lâmpadas de LED. Afinal, a energia solar é uma fonte limpa e renovável, inesgotável e que utiliza a radiação solar para gerar energia elétrica – explicou o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes.

Os painéis solares que serão instalados nas escolas captam a luz do sol e a convertem em energia elétrica por meio do chamado efeito fotovoltaico.

– Estamos dando um grande passo que é dar para estas escolas a modernização com o que há de mais eficiente no mundo em energia, além de ser um modelo sustentável, no qual a verba destinada para o pagamento de contas de luz será revertida, trazendo, assim, mais recursos para estas escolas. Estamos atendendo uma necessidade do presente pensando nas gerações futuras, liderando uma transformação por meio da adoção de uma energia limpa e segura com o menor impacto ambiental. É um legado para o futuro que precisamos construir a partir de hoje – disse Roberto Medina, presidente do Rock in Rio.

O lançamento do “Rock in Rio Escola Solar” foi neste domingo, dia 29, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

Fonte: PROCEL

02/10/2019
Governo do Estado do Rio de Janeiro e Rock In Rio instalarão painéis solares em escolas públicas" addthis:description="O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), e o Rock in Rio instalarão 14.600 painéis solares em 210 escolas públicas. A iniciativa permitirá que toda economia gerada pelos equipamentos seja 100% revertida para as unidades de ensino pelos próximos 25 anos. Do total de painéis […]">

Terceiro Plano de Aplicação de Recursos do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – PAR/Procel: Consulta Pública termina na quinta-feira

Interessados em enviar contribuições para a elaboração do Terceiro Plano de Aplicação de Recursos do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (3º PAR/Procel) têm até a próxima quinta-feira (03/10/2019) para encaminhar as propostas para o Ministério de Minas e Energia.

Portaria publicada no início do mês de setembro determinou prazo de 30 dias para recebimento das propostas que servirão de subsídio para a elaboração do PAR/Procel. As sugestões serão de projetos ao 3º PAR/Procel serão recebidas pelo Ministério de Minas e Energia, por meio do Portal de Consultas Públicas, ambiente onde todas as informações pertinentes estão disponíveis para os interessados.

Após o recebimento das sugestões, o Grupo Coordenador de Conservação de Energia Elétrica (GCCE) será o responsável pela elaboração do 3º PAR/Procel. Os projetos aprovados poderão ser executados no ciclo 2020/2021.

Fonte: PROCEL

02/10/2019
Terceiro Plano de Aplicação de Recursos do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – PAR/Procel: Consulta Pública termina na quinta-feira" addthis:description="Interessados em enviar contribuições para a elaboração do Terceiro Plano de Aplicação de Recursos do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (3º PAR/Procel) têm até a próxima quinta-feira (03/10/2019) para encaminhar as propostas para o Ministério de Minas e Energia. Portaria publicada no início do mês de setembro determinou prazo de 30 dias para […]">

CUSTOS DA ENERGIA: Outubro acontece com bandeira tarifária amarela

A bandeira tarifária em outubro de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Outubro é um mês de transição entre a estação seca e o início do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN).

A previsão hidrológica para o mês sinaliza elevação das vazões afluentes aos principais reservatórios, o que também permitirá reduzir a oferta de energia suprida pelo parque termelétrico. Esse cenário também levou à redução dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF), mesmo com a perspectiva do preço da energia (PLD) manter-se em patamar estável. O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Com as bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente, e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais eficiente, sem desperdícios.

O anúncio da bandeira amarela reforça a necessidade de ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.

Fonte: PROCEL

02/10/2019
CUSTOS DA ENERGIA: Outubro acontece com bandeira tarifária amarela" addthis:description="A bandeira tarifária em outubro de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Outubro é um mês de transição entre a estação seca e o início do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza elevação das vazões afluentes […]">

Podcast

27/09/2019
Podcast" addthis:description="">

A importância das redes sociais na vida do profissional de Engenharia, Manutenção e Gestão de Facilities

A mais recente pesquisa da RBM – Rede Brasileira de Manutenção, feita através do site www.indicadoresdegestao.com, foi sobre o uso e importância das redes sociais no dia a dia dos profissionais das áreas de Manutenção, Engenharia, Facilities e Serviços.

Os resultados são bem interessantes.

Diante da pergunta “

Chama a atenção que o WhatsApp apareça  em segundo lugar como ambiente propício ao network e aprendizado profissional, atingindo 83,33% das pessoas.

Também a destacar o desempenho do Youtube, que aparece com 72,22% das citações dos participantes da pesquisa.

Os demais sites e ou redes sociais obtiveram os seguintes escores: Facebook e Instagram (27,78%), Twitter (12,96%),  Google (46%), Sites Especializados (66,67%), Sites das Empresas (46,3%), Sites de Associações Empresariais (35,19%).

Ou seja, para os aspectos profissionais a relevância está clara. Num momento onde a busca pela atenção das pessoas está na casa dos segundos, saber o que falar e participar da conversa, é cada vez mais fundamental para as empresas que querem se comunicar neste fabuloso mundo das redes sociais.

A pesquisa completa tem muitas informações  interessantes, mas olha só que interessante,  veja  no gráfico abaixo, que mais de 37% dos nossos profissionais,  não importa onde estejam, passam o tempo todo conectados nas redes sociais de sua preferência.

A comunicação é, com toda a tecnologia e portabilidade disponível, cada  dia mais instantânea. Haja energia e presença para sustentar a conversa.

 

26/09/2019
A importância das redes sociais na vida do profissional de Engenharia, Manutenção e Gestão de Facilities" addthis:description="A mais recente pesquisa da RBM – Rede Brasileira de Manutenção, feita através do site www.indicadoresdegestao.com, foi sobre o uso e importância das redes sociais no dia a dia dos profissionais das áreas de Manutenção, Engenharia, Facilities e Serviços. Os resultados são bem interessantes. Diante da pergunta “Quais são os sites e redes sociais em […]">

Bate-papo da Alta Gestão – Bancada Redonda – Programa ao vivo pelo Youtube com Paulo Walter, Hilário Sinkoc e Denis Escudeiro

Não perca o evento.

O Bancada Redonda é um programa semanal, feito ao vivo pelo Youtube, com profissionais com muita experiencia em gestão de empresas, serviços, contratos.
Ancorado por Paulo Walter e Hilário Sinkoc, toda semana novos convidados especiais são chamados para falar sobre Gestão.
Assuntos sérios, tratados com profundidade, mas também apresentados com leveza e bom humor.
Nesta quarta-feira (18 de setembro) o tema é PDM – Plano Diretor de Manutenção para empresas competitivas
Com a participação especialíssima de Denis Escudeiro, Gerente de Manutenção da CONTINENTAL
Assista pelo Canal manutencao.net.TV no Youtube

Você pode participar da conversa com perguntas e comentários já que o programa é feito ao vivo.

Marque na Agenda

11/09/2019
Bate-papo da Alta Gestão – Bancada Redonda – Programa ao vivo pelo Youtube com Paulo Walter, Hilário Sinkoc e Denis Escudeiro" addthis:description="Não perca o evento. O Bancada Redonda é um programa semanal, feito ao vivo pelo Youtube, com profissionais com muita experiencia em gestão de empresas, serviços, contratos. Ancorado por Paulo Walter e Hilário Sinkoc, toda semana novos convidados especiais são chamados para falar sobre Gestão. Assuntos sérios, tratados com profundidade, mas também apresentados com leveza […]">

Transformação Digital – Uma questão de sobrevivência na Gestão de Ativos

04/09/2019
Transformação Digital – Uma questão de sobrevivência na Gestão de Ativos" addthis:description="">

VIVO lança serviço privativo de internet 4G para atender IIoT

Tendo como alvo as empresas automobilísticas, mineradoras, petroquímicas, portos, aeroportos, armazéns e fábricas, a Vivo Empresas (braço B2B da companhia) lançou nesta segunda-feira, 2, uma rede privada em 4G.
A promeça é levar cobertura dedicada, desempenho, segurança e confiabilidade para negócios de empresas e indústrias com demandas de missão crítica.

Em seu comunicado à imprensa, a Vivo diz que a rede privativa 4G “aumenta taxas de tráfego de alto volume e reduz atrasos, ao mesmo tempo que garante a qualidade do serviço, tornando possível a utilização de aplicações em Internet das Coisas”. Diz ainda que, por utilizar frequência licenciada livre de interferência, garante SLA aderente aos padrões e requisitos do mercado de automação.

Ainda segundo a empresa, essa solução foi criada para atender situações de missão crítica para “conectividade, mobilidade e segurança, como veículos autônomos em campos de mineração, telemedição de processos críticos na indústria de óleo e gás, automação de linhas de produção na indústria automobilística e controle de movimentação em grandes galpões logísticos”. E ainda diz que o uso da rede móvel permite flexibilidade e rápida configuração, enquanto tecnologias de cabo ou Wi-Fi possuem cobertura limitada.

04/09/2019
VIVO lança serviço privativo de internet 4G para atender IIoT" addthis:description="Tendo como alvo as empresas automobilísticas, mineradoras, petroquímicas, portos, aeroportos, armazéns e fábricas, a Vivo Empresas (braço B2B da companhia) lançou nesta segunda-feira, 2, uma rede privada em 4G. A promeça é levar cobertura dedicada, desempenho, segurança e confiabilidade para negócios de empresas e indústrias com demandas de missão crítica. Em seu comunicado à imprensa, […]">

Marcadas as audiências públicas sobre as Normas Regulamentadoras 7, 9 e 17

Iniciativa é ação conjunta da instituição com a Secretaria do Trabalho e Subsecretaria de Inspeção do Trabalho

A Secretaria do Trabalho, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho – SIT e a Fundacentro realizam audiências públicas sobre as Normas Regulamentadoras 7 (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), 9 (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e 17 (Ergonomia) nos dias 10 e 11 de setembro em São Paulo/SP.

Serão oferecidas vagas para a participação presencial e para a participação virtual. As inscrições devem ser feitas separadamente para cada audiência. O link para assistir a videoconferência pela internet será enviado posteriormente aos inscritos. As vagas são limitadas. Nas audiências, após as palestras, o público terá espaço para realizar perguntas por escrito, que serão respondidas pelos palestrantes.

O objetivo da audiência pública é promover o debate com especialistas, representantes governamentais, de trabalhadores e de empregadores e com a população em geral, permitindo a participação da sociedade no processo da revisão das Normas Regulamentadoras.

Também é possível participar dessa construção por meio da Consulta Pública, no site participa.br, da Secretaria do Trabalho. As contribuições devem ser realizadas diretamente no documento eletrônico disponível até o dia 28 de setembro de 2019. Há quatro propostas de textos: NR 7NR 9NR 17 e Programa de Gerenciamento de Riscos.

Mais detalhes você obtem no site da FUNDACENTRO

 

04/09/2019
Marcadas as audiências públicas sobre as Normas Regulamentadoras 7, 9 e 17" addthis:description="Iniciativa é ação conjunta da instituição com a Secretaria do Trabalho e Subsecretaria de Inspeção do Trabalho A Secretaria do Trabalho, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho – SIT e a Fundacentro realizam audiências públicas sobre as Normas Regulamentadoras 7 (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), 9 (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e […]">

7 INDÍCIOS DE QUE A MANUTENÇÃO DA EMPRESA ESTÁ MAL CONDUZIDA

Empresa que não se renova, não inova, morre.

Empresas são organismos vivos e devem estar sempre em movimento. A Manutenção, idem, idem.

No século passado a única obrigação da Manutenção era manter equipamentos rodando. Hoje já não é bem assim.

Aqui vão 7 sinais de que a Manutenção pode estar em marcha lenta, quase parando, e o gerente com a cabeça a prêmio:

1) Falta de foco. Não há metas definidas.

2) Falta de rumo. A Manutenção virou paisagem. Não recebe elogios, nem críticas construtivas.

3) Falta de informação. É a condição em que ninguém sabe se o Gerente está mais perto de uma promoção ou de uma demissão.

4) Falta de reconhecimento. A turma da Manutenção anda de cabeça baixa. Ninguém da área recebe aumento por mérito faz tempo, embora em outros setores isso aconteça sempre.

5) Falta de estímulo. Ninguém tem incentivo para fazer cursos e se aperfeiçoar.

6) Falta de explicações. O orçamento da área só diminui e a cobrança só aumenta, mas se alguém questiona ou tenta fazer algo novo a resposta é sempre vaga ou negativa.

7) Falta de perspectiva. Ao fazer um benchmarking com a concorrência se descobre que a empresa ainda não entrou no século 21 e nada fez para uma transformação digital.

04/09/2019
7 INDÍCIOS DE QUE A MANUTENÇÃO DA EMPRESA ESTÁ MAL CONDUZIDA" addthis:description="Os principais pontos que revelam se a Manutenção vai bem ou mal numa empresa">

PDM – Plano Diretor de Manutenção. Quem precisa de ter?

03/09/2019
PDM – Plano Diretor de Manutenção. Quem precisa de ter?" addthis:description="A geração e implantação de um bom PDM - Plano Diretor de Manutenção é fundamental para que os gestores de Manutenção tenham em mãos o mapa (road-map) com os detalhes do que fazer (5W + 2H) em sua Gestão de Ativos">

Plano Diretor de Manutenção – PDM 2020

Na maioria das empresas, pelo menos as mais bem organizadas, neste exato momento, está em pleno andamento a temporada de planejamento para 2020.

Objetivos e metas recebidos da Direção Geral da empresa, devem os gerentes parametrizar os planos para o ano que vem. com todos os riscos quantificados, qualificados, considerados e reconhecidos.

Todo mundo que está envolvido ou comprometido com o sucesso do trabalho, deve ser consultado. Mas, obviamente, quem tem a faca, o queijo e tesoura na mão, deve exercer sua função.

Mais que um simples orçamento, um bom PDM mostra o que vai (ou deve) acontecer em cada uma das dimensões da boa gestão. Compromissos de todos:

– Disponibilidade Operacional;

– Segurança Patrimonial;

– Confiabilidade;

– Segurança do Trabalho e Meio Ambiente;

– Peças e Materiais de Consumo;

– Serviços de Terceiros;

– Melhorias e Inovação;

– Treinamento e Qualificação de Pessoal;

– Retenção de Talentos;

– Gestão do Conhecimento;

– Gestão da Informação;

– Compliance;

– Recursos Financeiros.

Nessa ordem.

A matriz geral de um bom PDM é tridimensional: Hardware, Humanware, Software.

Quanto melhor for elaborado, mais fácil será de executar.

#gestãodamanutenção

#gestãodeativos

#planejamento

#controle

#indicadores

26/08/2019
Plano Diretor de Manutenção – PDM 2020" addthis:description="Na maioria das empresas, pelo menos as mais bem organizadas, neste exato momento, está em pleno andamento a temporada de planejamento para 2020. Objetivos e metas recebidos da Direção Geral da empresa, devem os gerentes parametrizar os planos para o ano que vem. com todos os riscos quantificados, qualificados, considerados e reconhecidos. Todo mundo que […]">

Podcast é a novidade do nosso Blog

Podcast

26/08/2019
Podcast é a novidade do nosso Blog" addthis:description="Podcast">

Vem aí a coletânea das Cronicas do Chão de Fábrica

Depois de muitos anos de procrastinação, estou dando os últimos tratos ao meu livro coletânea das Cronicas do Chão de Fábrica.

Com tantos anos de experiencia, conhecendo o país e nossa gente, através do trabalho de prestação de serviços e consultoria nas mais variadas empresas, tá difícil selecionar, dentre tantas, quais as melhores passagens que tenho para contar.

Com prefácio de Leandro José Soares .·., não vejo a hora de ver tudo pronto e disponível para os amigos que também são apaixonados pelo trabalho de campo, onde a verdeira ação acontece.

 

16/08/2019
Vem aí a coletânea das Cronicas do Chão de Fábrica" addthis:description="Depois de muitos anos de procrastinação, estou dando os últimos tratos ao meu livro coletânea das Cronicas do Chão de Fábrica. Com tantos anos de experiencia, conhecendo o país e nossa gente, através do trabalho de prestação de serviços e consultoria nas mais variadas empresas, tá difícil selecionar, dentre tantas, quais as melhores passagens que […]">

Ainda dá tempo de correr atrás de uma certificação LEED em 2019

Você planeja certificar seu projeto antes do final do ano? Não se esqueça de enviar os documentos para revisão dentro do prazo.

Independente de prazos internos, todas as equipes de projeto que esperam alcançar marcos de revisão até uma determinada data devem informar o GBCI de suas necessidades específicas o mais cedo possível. Vários programas oferecem um cronograma de revisão acelerado.

Os prazos se aplicam as certificações LEED BD+C (Novas Construções e Grandes Reformas), ID+C (Interiores Comerciais), O+M (Operação e Manutenção), ND (Desenvolvimento de Bairros), LEED para Cidades e Comunidades, e certificação LEED Zero, excluindo projetos que fazem parte do programa LEED Volume.

Mais informações você obtém aqui

14/08/2019
Ainda dá tempo de correr atrás de uma certificação LEED em 2019" addthis:description="Você planeja certificar seu projeto antes do final do ano? Não se esqueça de enviar os documentos para revisão dentro do prazo. Independente de prazos internos, todas as equipes de projeto que esperam alcançar marcos de revisão até uma determinada data devem informar o GBCI de suas necessidades específicas o mais cedo possível. Vários programas […]">

Análise de Falhas na Manutenção Brasileira – O olhar além das evidencias

O texto abaixo copiei de  uma postagem de José Lopes
“O que não se vê pode ser mais importante do que aquilo que se vê. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Marinha dos EUA tentou determinar onde eles precisavam blindar suas aeronaves para garantir que eles voltassem para casa. Eles fizeram uma análise de onde os aviões tinham sido disparados e descobriram isso. Obviamente, os locais que precisavam ser blindados eram as pontas das asas, o corpo central e os elevadores. É aí que os aviões eram todos disparados. Abraham Wald, um estatístico, discordou. Ele achava que eles deveriam proteger melhor a área do nariz, os motores e o meio do corpo. O Sr. Wald percebeu o que os outros não perceberam. Os aviões também estavam sendo alvejados lá, mas eles não estavam chegando em casa. O que a Marinha achava que havia feito era analisar onde as aeronaves estavam sofrendo o maior dano. O que eles realmente fizeram foi analisar onde as aeronaves poderiam sofrer o maior dano sem falhas catastróficas. Todos os lugares que não foram atingidos, correspondiam aos aviões atingidos e que caíram. Eles não estavam olhando para toda a amostra, apenas os sobreviventes. Créditos: Scott Osborn; Science & Engineering.”

Esse rico tema de engenharia, também trato no trabalho  sobre Análise de Falhas, que escrevi junto com o Prof. Lourival Tavares e o Eng. Albely Lesnau.

 

O uso da Análise de Falhas no Brasil – Edição 2019

13/08/2019
Análise de Falhas na Manutenção Brasileira – O olhar além das evidencias" addthis:description="O uso de programas de analise de falhas para melhorar resultados na manutenção brasileira">

Consulta pública para mudanças na Norma Regulamentadora nº 04 (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT)

Está disponível à consulta pública o texto vigente da Norma Regulamentadora nº 04 (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT), disponível no endereço eletrônico: http://participa.br/secretaria-de-trabalho.

As contribuições deverão ser realizadas diretamente no documento eletrônico disponível no sítio acima indicado até o dia 30 de agosto de 2019.

http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/aviso-de-consulta-publica-n-4/2019-207979549

31/07/2019
Consulta pública para mudanças na Norma Regulamentadora nº 04 (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT)" addthis:description="Está disponível à consulta pública o texto vigente da Norma Regulamentadora nº 04 (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho – SESMT), disponível no endereço eletrônico: http://participa.br/secretaria-de-trabalho. As contribuições deverão ser realizadas diretamente no documento eletrônico disponível no sítio acima indicado até o dia 30 de agosto de 2019. http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/aviso-de-consulta-publica-n-4/2019-207979549">
× Converse no WhatsApp