Q
Logo Manutenção.NET

Desenvolvido por CityPubli

NOTÍCIAS:

A Internet das Coisas (IoT) como pilar fundamental para impulsionar a Indústria 4.0 no Brasil

Por Gabriel Pavão O conceito de Indústria 4.0, ou Quarta Revolução Industrial, há tempos assumiu um papel central nas discussões industriais, inclusive no contexto brasileiro. Desde a sua introdução, o setor pode se beneficiar da ascensão de novas automações e a...

Webinar Manutenção Prescritiva e Indústria 4.0 – Canal VITEK com Júlio Nascif

Webinar Manutenção Prescritiva e Indústria 4.0 – Canal VITEK com Júlio Nascif

Indústria automotiva: após anúncio de investimento de R$ 125 bi, especialista prevê aumento na demanda por aço

Indústria automotiva: após anúncio de investimento de R$ 125 bi, especialista prevê aumento na demanda por aço Marcos Ledo, diretor presidente da Krominox, enxerga um cenário otimista na produção nacional de veículos e que deve impulsionar outros segmentos No último...

Automação inteligente impulsiona a sustentabilidade na indústria brasileira

Automação inteligente impulsiona a sustentabilidade na indústria brasileira O diretor comercial do FoccoERP, Robson Rizzotto, enfatiza que para adquirir automação inteligente as empresas devem investir em tecnologias especializadas A indústria brasileira está passando...

Seagems assina contratos com a Petrobras para 6 PLSVs, no montante de US$ 1,8 bilhão

Seagems assina contratos com a Petrobras para 6 PLSVs, no montante de US$ 1,8 bilhão Rio de Janeiro, maio de 2024 – A Seagems garantiu contratos no valor de US$ 1,8 bilhão com Petrobras para seis navios PLSVs da companhia no acumulado para os próximos anos. O escopo...

Oil & Gas Summit terá discussões que reforçam a força da transição energética no Nordeste  

Oil & Gas Summit terá discussões que reforçam a força da transição energética no Nordeste   A 1ª edição do Oil & Gas Summit: Margem Equatorial e Transição Energética, que será realizada entre os dias 19 a 21 de março de 2025 no Centro de Eventos do Ceará, em...

Entre as sete tendências para a logística, está a adoção de tecnologias de Internet das Coisas (IoT)

Entre as sete tendências para a logística, está a adoção de tecnologias de Internet das Coisas (IoT) Por Elcio Rosa, diretor de Produtos e Tecnologia da Gestran, plataforma de gestão de frotas O ano de 2024 reserva para a logística algumas tendências que considero...

UniCesumar e Compass UOL: Parceria impulsiona futuro profissional de estudantes de tecnologia

UniCesumar e Compass UOL: Parceria impulsiona futuro profissional de estudantes de tecnologia Por meio do projeto Ambientes Profissionais, a parceria já beneficiou cerca de 147 alunos A UniCesumar, reconhecida por seu compromisso com a excelência acadêmica e a...

Veolia instala placas solares para gerar energia elétrica em suas operações

O projeto faz parte dos planos de descarbonização da companhia e tem capacidade para gerar 550 mil kWh por ano  ‌‎  ‌ ‌‎  ‌ ‌‎  ‌ A Veolia, empresa com atuação mundial em soluções ambientais, está instalando painéis fotovoltaicos em três de seus Centros de...

Dependabilidade na Classificação de Ativos: A Importância na Priorização de Equipamentos para uma Manutenção Efetiva e Eficaz

A Classificação dos Ativos (Priorização) é uma espécie de pedra fundamental para que se estabeleça uma Manutenção efetiva e eficaz em qualquer empresa. E é a cada dia maior a importância da dependabilidade no processo de analise riscos a que sistemas, processos e equipamentos estão sujeitos. Neste artigo exploramos a importância da dependabilidade tendo algumas referencias associadas a normas técnicas da ABNT.

Funcionário em viagem? Analise de Riscos de viagem de colaborador agora pode contar com a NBR ISO 31030.

Norma traz definições interessantes quanto aos papéis, responsabilidades e responsabilizações dentro da empresa e como desenvolver o planejamento/estabelecimento do programa em geral.
NBR ISO 31030 de 04/2024 – Gestão de riscos de viagem — Orientações para organizações.

Boa viagem e boa sorte!

Indicadores de Gestão. Uma conversa com Paulo Trombacco.

A importancia dos Indicadores de Gestão no sucesso da Manutenção estratégica

Alugar ou Comprar? O que é mais frequente na Manutenção Brasileira?

Alugar ou comprar? Todos os dias os profissionais da Manutenção tomam decisões para manter ou aumentar a confiabilidade e a disponibilidade dos ativos sob sua responsabilidade. Com um olho no custo e o outro na eficácia de seu trabalho, comprar ou alugar pode parecer...

A tecnologia como peça fundamental para a promoção da Sustentabilidade no mercado industrial

Por Gabriel Pavão ‌‎  ‌ Tanto a sustentabilidade, quanto o avanço tecnológico tem sido pautas recorrentes entre os C-levels das empresas. Para se ter uma ideia, de acordo com a pesquisa Panorama 2024, da Amcham Brasil, para 60% dos executivos, a Inteligência...

Ciser inaugura ramal de gás natural na unidade Araquari

Ciser inaugura ramal de gás natural na unidade Araquari Joinville, maio de 2024 - A Ciser, líder no setor de fixadores na América Latina, celebrou junto com autoridades de Araquari e da SCGás a inauguração do ramal de abastecimento de gás natural (GN) em sua unidade...

Hospitalar 2024 traz Simpósio de Infraestrutura: Inovação e Eficiência em Ambientes Hospitalares em Foco

Hospitalar 2024 traz Simpósio de Infraestrutura: Inovação e Eficiência em Ambientes Hospitalares em Foco Evento reunirá especialistas para discutir melhores práticas e casos de sucesso na gestão de projetos e obras em hospitais renomados do Brasil São Paulo, maio de...

Simak Rent, empresa de locação de veículos pesados, spin-off do grupo Manserv, planeja investir R$ 2 bilhões até 2026 para expandir operações

Simak Rent, empresa de locação de veículos pesados, spin-off do grupo Manserv, planeja investir R$ 2 bilhões até 2026 para expandir operações  ‌    Companhia já com conta com 1579 ativos locados, entre equipamentos de linha amarela, linha verde e caminhões. Frota deve...

Portal de Compras Públicas projeta transacionar mais de R$ 80 bilhões em licitações neste ano

Portal de Compras Públicas projeta transacionar mais de R$ 80 bilhões em licitações neste ano Com avanços na digitalização do processo licitatório, govtech também consegue promover economicidade de até 28% aos cofres públicos Com um mercado em franca expansão,...

Associação de Terminais Portuários Privados anuncia o lançamento do 2º Prêmio ATP

Concurso busca reconhecer iniciativas relacionadas a ações sociais ou inovações tecnológicas no sistema portuário privado brasileiro A Associação de Terminais Portuários Privados (ATP) lança, na próxima segunda-feira (13.05), o edital do 2º Prêmio ATP, uma iniciativa...

OSRAM traz ao país testadores profissionais de bateria e de sistemas elétricos veiculares

Ideais para uso em oficinas mecânicas, Testadores de Bateria PRO são capazes de realizar análise completa da parte elétrica dos veículos   São Paulo, maio de 2024 – Líder mundial no desenvolvimento de soluções em iluminação e acessórios automotivos, a OSRAM...

A importância das cooperativas de reciclagem para a economia circular e o crescimento socioeconômico

*POR Jade Rodriguero Dino São enormes as oportunidades e o espaço para o desenvolvimento e criação de novos negócios com base na economia circular. Segundo uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 76,4% das indústrias já desenvolvem algum tipo de...

FGV IBRE: IGP-DI sobe 0,72% em abril

FGV IBRE - O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,72% em abril. No mês de março, a taxa havia sido de -0,30%. Com este resultado, o índice acumula queda de -0,26% no ano e de -2,32% em 12 meses. Em abril de 2023, o índice havia variado...

Ambserv passa a se chamar Veolia

Ambserv passa a se chamar Veolia Empresa é referência nacional no gerenciamento de resíduos de serviços de saúde e perigosos A Ambserv, empresa especializada no gerenciamento total de resíduos, passa a se chamar Veolia. Desde o ano passado, a multinacional francesa,...
Logo Manutenção.NET

NEW

A Internet das Coisas (IoT) como pilar fundamental para impulsionar a Indústria 4.0 no Brasil

Por Gabriel Pavão O conceito de Indústria 4.0, ou Quarta Revolução Industrial, há tempos assumiu um papel central nas discussões industriais, inclusive no contexto brasileiro. Desde a sua introdução, o setor pode se beneficiar da ascensão de novas automações e a...

Webinar Manutenção Prescritiva e Indústria 4.0 – Canal VITEK com Júlio Nascif

Webinar Manutenção Prescritiva e Indústria 4.0 – Canal VITEK com Júlio Nascif

Indústria automotiva: após anúncio de investimento de R$ 125 bi, especialista prevê aumento na demanda por aço

Indústria automotiva: após anúncio de investimento de R$ 125 bi, especialista prevê aumento na demanda por aço Marcos Ledo, diretor presidente da Krominox, enxerga um cenário otimista na produção nacional de veículos e que deve impulsionar outros segmentos No último...

Automação inteligente impulsiona a sustentabilidade na indústria brasileira

Automação inteligente impulsiona a sustentabilidade na indústria brasileira O diretor comercial do FoccoERP, Robson Rizzotto, enfatiza que para adquirir automação inteligente as empresas devem investir em tecnologias especializadas A indústria brasileira está passando...

Seagems assina contratos com a Petrobras para 6 PLSVs, no montante de US$ 1,8 bilhão

Seagems assina contratos com a Petrobras para 6 PLSVs, no montante de US$ 1,8 bilhão Rio de Janeiro, maio de 2024 – A Seagems garantiu contratos no valor de US$ 1,8 bilhão com Petrobras para seis navios PLSVs da companhia no acumulado para os próximos anos. O escopo...

Oil & Gas Summit terá discussões que reforçam a força da transição energética no Nordeste  

Oil & Gas Summit terá discussões que reforçam a força da transição energética no Nordeste   A 1ª edição do Oil & Gas Summit: Margem Equatorial e Transição Energética, que será realizada entre os dias 19 a 21 de março de 2025 no Centro de Eventos do Ceará, em...

Entre as sete tendências para a logística, está a adoção de tecnologias de Internet das Coisas (IoT)

Entre as sete tendências para a logística, está a adoção de tecnologias de Internet das Coisas (IoT) Por Elcio Rosa, diretor de Produtos e Tecnologia da Gestran, plataforma de gestão de frotas O ano de 2024 reserva para a logística algumas tendências que considero...

UniCesumar e Compass UOL: Parceria impulsiona futuro profissional de estudantes de tecnologia

UniCesumar e Compass UOL: Parceria impulsiona futuro profissional de estudantes de tecnologia Por meio do projeto Ambientes Profissionais, a parceria já beneficiou cerca de 147 alunos A UniCesumar, reconhecida por seu compromisso com a excelência acadêmica e a...

Veolia instala placas solares para gerar energia elétrica em suas operações

O projeto faz parte dos planos de descarbonização da companhia e tem capacidade para gerar 550 mil kWh por ano  ‌‎  ‌ ‌‎  ‌ ‌‎  ‌ A Veolia, empresa com atuação mundial em soluções ambientais, está instalando painéis fotovoltaicos em três de seus Centros de...

Dependabilidade na Classificação de Ativos: A Importância na Priorização de Equipamentos para uma Manutenção Efetiva e Eficaz

A Classificação dos Ativos (Priorização) é uma espécie de pedra fundamental para que se estabeleça uma Manutenção efetiva e eficaz em qualquer empresa. E é a cada dia maior a importância da dependabilidade no processo de analise riscos a que sistemas, processos e equipamentos estão sujeitos. Neste artigo exploramos a importância da dependabilidade tendo algumas referencias associadas a normas técnicas da ABNT.

Funcionário em viagem? Analise de Riscos de viagem de colaborador agora pode contar com a NBR ISO 31030.

Norma traz definições interessantes quanto aos papéis, responsabilidades e responsabilizações dentro da empresa e como desenvolver o planejamento/estabelecimento do programa em geral.
NBR ISO 31030 de 04/2024 – Gestão de riscos de viagem — Orientações para organizações.

Boa viagem e boa sorte!

Indicadores de Gestão. Uma conversa com Paulo Trombacco.

A importancia dos Indicadores de Gestão no sucesso da Manutenção estratégica

Alugar ou Comprar? O que é mais frequente na Manutenção Brasileira?

Alugar ou comprar? Todos os dias os profissionais da Manutenção tomam decisões para manter ou aumentar a confiabilidade e a disponibilidade dos ativos sob sua responsabilidade. Com um olho no custo e o outro na eficácia de seu trabalho, comprar ou alugar pode parecer...

A tecnologia como peça fundamental para a promoção da Sustentabilidade no mercado industrial

Por Gabriel Pavão ‌‎  ‌ Tanto a sustentabilidade, quanto o avanço tecnológico tem sido pautas recorrentes entre os C-levels das empresas. Para se ter uma ideia, de acordo com a pesquisa Panorama 2024, da Amcham Brasil, para 60% dos executivos, a Inteligência...

Ciser inaugura ramal de gás natural na unidade Araquari

Ciser inaugura ramal de gás natural na unidade Araquari Joinville, maio de 2024 - A Ciser, líder no setor de fixadores na América Latina, celebrou junto com autoridades de Araquari e da SCGás a inauguração do ramal de abastecimento de gás natural (GN) em sua unidade...

Hospitalar 2024 traz Simpósio de Infraestrutura: Inovação e Eficiência em Ambientes Hospitalares em Foco

Hospitalar 2024 traz Simpósio de Infraestrutura: Inovação e Eficiência em Ambientes Hospitalares em Foco Evento reunirá especialistas para discutir melhores práticas e casos de sucesso na gestão de projetos e obras em hospitais renomados do Brasil São Paulo, maio de...

Simak Rent, empresa de locação de veículos pesados, spin-off do grupo Manserv, planeja investir R$ 2 bilhões até 2026 para expandir operações

Simak Rent, empresa de locação de veículos pesados, spin-off do grupo Manserv, planeja investir R$ 2 bilhões até 2026 para expandir operações  ‌    Companhia já com conta com 1579 ativos locados, entre equipamentos de linha amarela, linha verde e caminhões. Frota deve...

Portal de Compras Públicas projeta transacionar mais de R$ 80 bilhões em licitações neste ano

Portal de Compras Públicas projeta transacionar mais de R$ 80 bilhões em licitações neste ano Com avanços na digitalização do processo licitatório, govtech também consegue promover economicidade de até 28% aos cofres públicos Com um mercado em franca expansão,...

Associação de Terminais Portuários Privados anuncia o lançamento do 2º Prêmio ATP

Concurso busca reconhecer iniciativas relacionadas a ações sociais ou inovações tecnológicas no sistema portuário privado brasileiro A Associação de Terminais Portuários Privados (ATP) lança, na próxima segunda-feira (13.05), o edital do 2º Prêmio ATP, uma iniciativa...

OSRAM traz ao país testadores profissionais de bateria e de sistemas elétricos veiculares

Ideais para uso em oficinas mecânicas, Testadores de Bateria PRO são capazes de realizar análise completa da parte elétrica dos veículos   São Paulo, maio de 2024 – Líder mundial no desenvolvimento de soluções em iluminação e acessórios automotivos, a OSRAM...

A importância das cooperativas de reciclagem para a economia circular e o crescimento socioeconômico

*POR Jade Rodriguero Dino São enormes as oportunidades e o espaço para o desenvolvimento e criação de novos negócios com base na economia circular. Segundo uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 76,4% das indústrias já desenvolvem algum tipo de...

FGV IBRE: IGP-DI sobe 0,72% em abril

FGV IBRE - O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,72% em abril. No mês de março, a taxa havia sido de -0,30%. Com este resultado, o índice acumula queda de -0,26% no ano e de -2,32% em 12 meses. Em abril de 2023, o índice havia variado...

Ambserv passa a se chamar Veolia

Ambserv passa a se chamar Veolia Empresa é referência nacional no gerenciamento de resíduos de serviços de saúde e perigosos A Ambserv, empresa especializada no gerenciamento total de resíduos, passa a se chamar Veolia. Desde o ano passado, a multinacional francesa,...

Análise da Confederação Nacional da Indústria mostra que, em 2017, os dois países perderam para os demais competidores. Mas, com as reformas feitas nos últimos anos, as condições de negócios na Argentina são mais favoráveis do que no Brasil

CityPubli 750 x 120

O Brasil subiu do 11º para o quarto lugar no quesito disponibilidade e custo da mão de obra em 2017. O país também avançou uma posição – passou do 16º para o 15º lugar – no quesito peso dos tributos. Mesmo assim, continua em penúltimo lugar no ranking Competitividade Brasil 2017-2018, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). No primeiro lugar da lista está o Canadá, seguido por Coreia do Sul, Austrália, China, Espanha e Chile. No último lugar, está a Argentina.

Mas o Brasil corre o risco de ser superado pelo país vizinho e cair para o último lugar do ranking. O estudo mostra que, em 2017, a Argentina passou à frente do Brasil nos fatores ambiente macroeconômico e ambiente de negócios. Em outros três fatores – disponibilidade e custo de capital, infraestrutura e logística e educação, a Argentina está na frente do Brasil. “No ranking geral, o Brasil só não perdeu a posição para a Argentina, pois, nos fatores em que possui vantagens, o desempenho brasileiro ainda é muito superior ao argentino”, constata a CNI.

“A Argentina vem melhorando seu ambiente de negócios e reduzindo o desequilíbrio das contas públicas”, afirma o gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca. Ele lembra que o Brasil fez mudanças importantes em 2017, mas os demais países também estão avançando e conseguem se manter à frente na corrida da competitividade. “Para enfrentar os competidores, o Brasil precisa atacar problemas antigos e fazer as reformas que melhorem o ambiente de negócios e o ambiente macroeconômico”, completa Fonseca.

PAÍSES E FATORES – O ranking  anual compara o Brasil com 17 países de economias similares: África do Sul, Argentina, Austrália, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Espanha, Índia, Indonésia, México, Peru, Polônia, Rússia, Tailândia e Turquia, em nove fatores decisivos para a competitividade. Os países são avaliados em nove fatores e 20 subfatores que afetam a eficiência e o desempenho das empresas na conquista de mercados.

Os nove fatores que têm impacto na competitividade considerados pela CNI são: disponibilidade e custo de mão de obra, disponibilidade e custo de capital, infraestrutura e logística, peso dos tributos, ambiente macroeconômico, competição e escala do mercado doméstico, ambiente de negócios, educação e tecnologia e inovação. Os fatores foram desdobrados em 20 subfatores, aos quais foram associadas 56 variáveis.

Conforme o estudo, o Brasil só fica entre os cinco primeiros colocados no fator disponibilidade e custo da mão de obra. O primeiro lugar neste fator é da Indonésia, seguida pelo Peru e a China. “Na comparação com o ranking de 2016, o Brasil avançou sete posições no fator disponibilidade e custo da mão de obra, o maior avanço registrado entre os 16 países considerados e voltou a ocupar o terço superior do ranking”, informa a CNI. Isso é resultado da melhora da posição do país nos subfatores custo  e disponibilidade de mão de obra.

“No subfator custo da mão de obra o Brasil subiu da 12ª para a 4ª posição devido à maior produtividade no trabalho na indústria”, diz o estudo.  No subfator disponibilidade da mão de obra, o país avançou  seis posições e subiu do 10º para o 4º lugar, por que, depois de um longo período de crise e de desalento com o desemprego, a população economicamente ativa voltou a crescer.

O PESO DOS IMPOSTOS – O Brasil também avançou uma posição no fator peso dos tributos e assumiu a 15ª posição que, no ranking de 2016, era ocupada pela Polônia. Nesse fator, a Tailândia ocupa o primeiro lugar e a Indonésia, o segundo. Em 2017, o Brasil ficou à frente de Argentina (18º lugar), Espanha (17 º lugar) e Polônia (16º). Mesmo assim, o país se mantém em uma posição desfavorável, especialmente porque o total de impostos recolhidos pelas empresas equivalia, em 2017, a 68,4% do lucro. No Canadá, que está no 3º lugar do ranking do pesos dos tributos, esse valor equivale a 20,9% do lucro das empresas.

Mas entre 2016 e 2017, o Brasil caiu da 15ª para a 17ª  posição no fator infraestrutura e logística, como  resultado da baixa competitividade nos subfatores infraestrutura de transportes, de energia e logística internacional. Exemplo da baixa competitividade do Brasil no quesito infraestrutura é o elevado custo da energia elétrica para a indústria. Aqui, o kWh custava 0,15 em 2016. No Chile, país com a segunda maior tarifa, o custo do kWh era de US$ 0,12.

NA ÚLTIMA POSIÇÃO – O Brasil está em último lugar do ranking nos fatores ambiente macroeconômico, ambiente de negócios e disponibilidade e custo de capital. No fator ambiente de negócios, a Argentina passou à frente do Brasil, onde a eficiência do estado, a segurança jurídica, a burocracia e as relações do trabalho têm a pior avaliação entre os países que integram o ranking. A avaliação dos argentinos melhorou nos subfatores eficiência do estado e em segurança jurídica, burocracia e relações do trabalho.

O Brasil também é o último do ranking no fator ambiente macroeconômico. “Taxa de inflação, dívida bruta e carga de juros elevadas e baixa taxa de investimento contribuem para a falta de competitividade do país”, diz o estudo.  Nesse fator, a China está em primeiro lugar. Em segundo, vem a Indonésia e, em terceiro, a Turquia.

Atuando no pior ambiente macroeconômico e em um ambiente de negócios desfavorável, a indústria brasileira terá dificuldades de se recuperar da crise. “Se não avançarmos na agenda de competitividade, a reação será de curta duração”, observa Renato da Fonseca. Por isso, destaca ele, é importante que o Brasil faça as reformas estruturais, como a da Previdência e a tributária, para  garantir o equilíbrio das contas públicas no longo prazo e estimular os investimentos.

SAIBA MAIS – Faça o download do estudo na página de estatísticas do Portal da Indústria.

Fonte: https://noticias.portaldaindustria.com.br/noticias/competitividade/brasil-corre-o-risco-de-ser-superado-pela-argentina-no-ranking-da-competitividade-aponta-estudo-da-cni/

Fracttal Banner
×
CityPubli 750 x 120