New Sense Safety Tênis a prova de choque
oferecimento
Esqueci minha senha

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

Terceirização aumenta de importancia na Manutenção em 2010

- 11/10/2010

Relatório da Pesquisa Nacional mostra evolução e profissionalização dos serviços.

CityPubli 750 x 120

A edição 2010 da pesquisa nacional sobre Terceirização, que alcançou 266 empresas, mostrou a força que esse assunto tem dentro do mercado de Manutenção.

O relatório trabalhado, com gráficos bem explicativos, foi entregue nesta semana, de forma gratuita, ao grupo de empresas que respondem aos questionários e fomenta o benchmarking profissional na Manutenção Brasileira.

O trabalho, em sua compilação final, nos traz muitas informações importantes como a que mostra que para mais de 76% das empresas brasileiras a Terceirização de Serviços é uma boa opção para o bom resultado global da Manutenção.

A pesquisa mostrou ainda que em 62,5% das empresas brasileiras, a Terceirização representa menos de 20% do custo global do setor.

Para 40,4% do publico que respondeu a pesquisa, suas empresas sabem que os gastos com Terceirização vão aumentar nos proximos 2 anos.  Sendo que para 41,8% as despesas se manterão no mesmo nivel.

Ou seja, Terceirização é tema de importancioa em qualquer empresa onde a Manutenção é levada a sério, tem metas e objetivos a alcançar e tem que fazer um bom papel no sucesso da organização onde se insere.

Abraços

Paulo R. Walter
Twitter @PauloWalter

New Sense Safety Tênis a prova de choque
Publicado por: Paulo Walter

4 Comentários


  1. Gentil Azevedo

    Paulo
    As pesquisas tem que continuar para poder nos municiar de informações para nossas gestões.
    Obrigado!

    At.
    Gentil Azevedo

  2. Francisco Jose

    Não há como estagnar o crescimento da terceirização nas operações de manutenção. À medida que o mercado vai crescendo, novas opções de empresas capacitadas nos permitem focar o pessoal próprio em atividades que são de difícil execução e que ainda não apresentam oferta no mercado.
    Terceirizar não significa economizar nos custos específicos dos serviços; necessitamos que o mercado nos ofereça empresas que apresentem o mesmo nível de qualidade, segurança e garantias que as oferecidas quando o serviço é feito por pessoal próprio; assim, os custos específicos terceirizados ou próprios costumam ser praticamente iguais para o mesmo nível de qualidade.
    A grande vantagem da terceirização provém da economia por eficiência, que é oriunda da especialidade de um fornecedor e também da não utilização full time de uma equipe própria, que tem de ser treinada e mantida.
    As empresas que terceirizam tem de tomar o devido cuidado com a manutenção da sua competência técnica, mantendo um nível mínimo de profissionais que possam, dentre outras coisas, especificar os procedimentos técnicos dos contratos a serem firmados com terceiros e também prover fiscalização sobre os resultados obtidos, bem como suas implicações contratuais.
    Abraços

  3. Bernardo G. de Souza

    Ótima iniciativa. Informação de qualidade é fundamental para a tomada de decisões

    abs
    Bernardo

  4. Alexandre Lara

    Caro Paulo,

    Realmente não tenho dúvidas sobre a importância do processo de terceirização na dinâmica atual de nosso mercado, desde que bem “idealizada”, “contratada” e “implantada”.

    “Toco nestas 3 teclas” acima porque geralmente se esquece uma ou mais delas, incorrendo no fracasso de um projeto de terceirização. Na área de Facilities ou Manutenção Predial, se preferir, temos um histórico de evolução desde meados da década de 90, quando um processo mais forte e ousado de terceirização tomou conta de alguns grandes clientes, com a chegada das gerenciadoras de Facilities.

    Também é verdade que desde então, todos temos aprendido com sucessos e fracassos, mas a grande verdade é que muitos clientes ainda estão aprendendo a contratar bem a sua manutenção.

    No entanto, antes de efetivar a seleção e contratação de um parceiro de manutenção, o Cliente precisa definir seus objetivos / suas metas com a terceirização, ou seja, expor como imagina que este projeto caminhará. Este “planejamento prévio” contribuirá para o desenho de um escopo melhor definido, dos níveis de qualidade aspirados, das preocupações e riscos com a mudança e a forma de avaliar este fornecedor futuramente.

    Por fim, vencidas estas 2 primeiras teclas (idealização / planejamento e contratação), todo o cuidado será ainda necessário na implantação de um projeto de terceirização, pois muitos esquecem que nem sempre é tão fácil “dormir com uma empresa um dia” e “acordar com outra na manhã seguinte”.

    Parabéns por mais esta iniciativa e espero ter contribuído com os demais colegas, ao emitir os comentários acima.

    Abraços,

    Alexandre Lara

× Converse no WhatsApp
CityPubli 750 x 120