New Sense Safety Tênis a prova de choque
oferecimento
Esqueci minha senha

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

O método CANVAS na definição do "negócio" Gestão de Ativos

- 15/08/2013

Nas empresas onde a Manutenção é levada a sério, a Gestão de Ativos está sob constante questionamento. Sempre há o que melhorar, pois todos os dias há novas exigências, novos desafios a vencer. É mais ou menos um contraponto ao dito popular: em time que está ganhando não se mexe.

Na busca por um posicionamento estratégico da Manutenção, uma ferramenta que se apresenta bem interessante é o “<em>Business Model Canvas</em>”. Ela permite desenvolver e esboçar modelos de negócio novos ou existentes. É um mapa visual pré-formatado contendo nove blocos do modelo de negócios.

O Business Model Canvas foi proposto pelo professor autor Alexander Osterwalder, em seu trabalho denominado Business Model Ontology.

A ferramenta é bem simples e aplica-se, no nosso caso, a quase 100% das estruturas de Gestão de Ativos encontrável em nossas empresas.
As descrições formais de nove áreas fundamentais do negócio Manutenção, se tornam os blocos para construir suas atividades ou referencia estratégicas.
Com o padrão CANVAS de design de modelo de negócios, a Manutenção pode facilmente descrever seu modelo de negócios.

<strong>Como funciona?
</strong>
O Business Model Canvas (BMC), ou “Painel de Modelo de Negócios”, é uma ferramenta estratégica que contribui de forma significativa para a construção rápida e visual de produtos ou serviços. A aplicação do BMC consiste no uso de um painel dividido em nove grandes blocos, que representam os elementos fundamentais (building blocks) que compõem um modelo de negócio.

Nesse mapa do negócio Manutenção só fazemos uso de 8 blocos:
<strong>Infraestrutura</strong>
Principais Atividades: As atividades necessárias para executar a Manutenção na empresa.
Principais Recursos: Os recursos que são necessários para criar valor para o empresa e ou cada cliente dentro dela.
Rede de parceiros: As alianças de serviços e produtos que complementam os outros aspectos do modelo do negócio Manutenção.
<strong>Oferta
</strong>Proposição de Valor: Os produtos e serviços oferecidos pelo negócio Manutenção. Aqui o que se busca “é uma visão geral … dos produtos e serviços que, juntos, representam valor para um segmento de clientes específico. Descreve a forma como a empresa se ​​diferencia dos seus concorrentes e é a razão pela qual os clientes compram de uma certa empresa e não de outra.”
<strong>Clientes</strong>
Segmentos de clientes: o público-alvo para os produtos e serviços de uma empresa.
Canais: O meio pelo qual uma empresa fornece produtos e serviços aos clientes. Isso inclui a estratégia de marketing e de distribuição de uma empresa.
Relacionamento com o Cliente: A empresa estabelece ligações entre si e os seus diferentes segmentos de clientes. O processo de gestão de relacionamento com o cliente é chamado de customer relationship management (CRM).
<strong>Finanças</strong>
Estrutura de custos: As consequências monetárias dos meios utilizados no modelo de negócios.

O método CANVAS prevê ainda o bloco Fluxos de Receita que deve contemplar a forma como a empresa ganha dinheiro através de uma variedade de fluxos de receitas. Rendimentos de uma empresa.
Obviamente não se aplica à Manutenção, pois embora a tenhamos orçamento, não geramos receita. Embora possamos impedir que a receita aconteça.

A aplicação do Business Model Canvas na montagem da estratégia da Manutenção pode facilitar muito o entendimento do “negócio”, possibilitando divergir e convergir opiniões, criando assim um entendimento comum entre os envolvidos e gerando indicadores fortes para a inovação estratégica.

Abraços

Paulo Walter
paulo.walter@manutencao.net

New Sense Safety Tênis a prova de choque
Publicado por: Paulo Walter

Nenhum comentário ainda


× Converse no WhatsApp