CityPubli 750 x 120
oferecimento
Esqueci minha senha

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

Indicador mostra progresso da deficiencia tecnologica do Brasil

- 20/06/2011

Que a produção industrial brasileira vem perdendo espaço na composição do Produto Interno Bruto (PIB), não há novidade alguma. O resultado é que aumentam desproporcionalmente a cada ano as importações da China e outros países, em detrimento da industrial local.
Com a continuidade de governos que não se interessam em aumentar a educação do povo nem incentivar o empreendedorismo e não dão a mínima para pesquisa, desenvolvimento e inovação na engenharia, o resultado só pode ser esse. Com total segurança de que vai se manter nessa linha programática.
Mas, alertar para o problema é preciso. Para dar visibilidade ao problema e cobrar providências do governo, uma entidade não partidária, chamada PROTEC, criou o deficitômetro tecnológico. Este contador eletrônico mostra, em tempo real, a progressão da dependência do Brasil nas áreas de alta e média-alta intensidade tecnológica e nos serviços tecnológicos.
O número calculado neste “deficitômetro” aponta a quantas anda a tendência do indicador chamado déficit tecnológico. Ele mede o saldo comercial dos grupos de produtos e serviços de maior intensidade tecnológica do País. Em 2010, essa conta ficou em US$ 85 bilhões negativos, uma cifra 33% maior que 2008 e quatro vezes maior que a de 2006.
O cálculo é feito com base nos dados oficiais de comércio exterior fornecidos pelo Ministério do Desenvolvimento e de serviços tecnológicos pelo Banco Central.

O deficitômetro tecnológico é uma iniciativa da Sociedade Brasileira Pró-Inovação Tecnológica (Protec ) e da Rede de Entidades Tecnológicas Setoriais (Rets).

Vale a pena visitar e conhecer:

http://www.deficitometrotecnologico.org.br/quem-somos.aspx

Abraços

Paulo Walter

New Sense Safety Tênis a prova de choque
Publicado por: Paulo Walter

Nenhum comentário ainda


× Converse no WhatsApp