New Sense Safety Tênis a prova de choque
oferecimento
Esqueci minha senha

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

A MANUTENÇÃO E SUSTENTABILIDADE.

- 16/12/2009

A questão da sustentabilidade chegou com tudo, e para ficar, na pauta da gestão da manutenção. E não podia ser diferente, pois a Manutenção é função chave para o sucesso, sobrevivência e perenidade das empresas.

New Sense Safety Tênis a prova de choque

As empresas estão sendo obrigadas a fazer seus balanços com relação a sustentabilidade, prestando contas de seus  atos relativos ao Meio Ambiente, a Segurança dos Trabalhadores, a Cultura e a Legislação (nacional e internacional) e também dos impactos de suas atividades na comunidade onde se inserem.  Os chamados Stackholders, ou no nosso idioma pátrio os Interessados, não são só os acionistas. São os trabalhadores, o governo, as ONGs e também os fornecedores e os clientes e a comunidade do entorno. Não há mais distinções entre uns e outros. Somos nós, a humanidade.

E como a Manutenção ficaria fora disso?

Em Copenhague se desenha um mundo novo. A COP 15 não é um evento. Vai trazer mudanças para todos nós, nessa necessidade obvia de sairmos todos juntos de um modelo de economia de alto carbono  e emissões de gases variados, de lixo crescente, de consumo irresponsável de água e outros recursos finitos deste nosso exaurido planeta.

De Copenhague em diante o C de Carbon Regulation vai estar na minha, na sua, na nossa esfera de ação, cobrança, responsabilidade. E a Manutenção tem muito a ver. Na mitigação, na eliminação, na antecipação. O Carbon Regulation vai muito além do gás carbônico  e inclui o metano e outros gases que afetam a camada de ozônio e mais tudo aquilo que possa fazer mal a nossa atmosfera, mas também ao solo e subsolo, nossos rios  e lagoas lençóis freáticos, assim como os oceanos.

A Manutenção, sabemos nós que nela militamos, é pedra de toque na coerência final das organizações que se dizem verdes mas lá no fundo da fabrica, do hospital ou shopping, da mina ou da usina, fazem da sua própria Manutenção uma realidade distinta de seus programas de marketing sócio-ambiental para cliente ver.

O mantra da confiabilidade com disponibilidade, por décadas repetido por nossos gestores de manutenção,  ou seja ativos rodando para que se maximize a utilização dos mesmos e se garanta o retorno dos investimentos, agora deve se juntar a tríade do SMS (Saúde, Meio Ambiente e Segurança) ao mesmo nível de importância. Sustentabilidade implica em resultado econômico no presente sim, mas não a custa do futuro das pessoas e do planeta.

A gestão de riscos, com os programas de redução de emissões, passarão a compor os trabalhos de RCM, serão guindados ao posto alto do grupo de indicadores chave e se incorporarão definitivamente aos nossos planos de preditiva e preventiva.

Até a questão contábil será revista (falaremos sobre isso em novo post), afetando e muito a abordagem de resultados da atividade manutenção.

Nossos profissionais – mentores, gestores, planejadores e executores,  devem fazer a transição assumindo o papel de liderança que lhes cabe. Quem não está ligado, está atrasado.

A Função Manutenção pós COP-15 será outra.

Abraços

Paulo Walter  

   

  

 

Andaime Plataforma – Além de mais seguro e produtivo, agora pode ser adquirido em 48 vezes pelo cartão BNDES. Acesse www.monteeuse.com.br  

 

 

 

 

New Sense Safety Tênis a prova de choque
Publicado por: Paulo Walter

3 Comentários


  1. José Barrozo de Souza

    Prezado Amigo.
    Estou no meu doutoramento pesquisando uma proposta de alinhamento do PCM com o PCP em Redes de Empresas. E temos como objetivo tornar a rede com características Classe Mundial, ou seja, implementar o Desenvovimento Sustentável melhorando a eficiência global dos equipamentos.
    Atenciosamente
    José Barrozo de Souza

  2. Luís René Lopes Souza

    José,

    Muito interessante esse tema alinhamento do PCM com o PCP em Redes de Empresas, gostaria de receber mais informações sobre este tema. Desejo muito sucesso em seu tema.
    enviar também para o endereço sllrene@amanco.com

  3. José Barrozo de Souza

    Prezado Amigo Luís René
    Muito obrigado por vossa atenção ao Coordenador autorizar estarei enviando a Vossa Senhoria mais informações sobre o referido tema.
    Atenciosamente
    José Barrozo de Souza

× Converse no WhatsApp