CityPubli 750 x 120
oferecimento
Esqueci minha senha
Avatar photo

Gestão Estratégica de Negócios

Paulo Walter

 

12 Coisas que você deve lembrar ao contratar serviços em Facilities

- 27/08/2020

Muitas empresas contratam serviços na área de Facilities sem ter uma especificação adequada e que leve em conta o peso e a integração de cada serviço na resultante final do conjunto da Gestão de Facilities.

In-Haus 750x120

Cada empresa, cada caso, cada orçamento, requer uma especificação diferente.

Contratar serviços de longo prazo não é coisa para amadores. É como bater um penalty em jogo de decisão de campeonato, que deveria ser batido só pelo presidente do clube.

No mercado o que mais se encontra são propostas bonitas, bem elaboradas, caprichadas no Power Point, exaltando sucessos e vantagens em ser a empresa escolhida. Mas o que vem de verdade no pacote?

Na melhor das hipóteses, a maioria das empresas (as mais bem organizadas. pelo menos), jogam uma RFQ (Request for Quotation) no mercado, descrevendo mais ou menos os serviços, onde eles devem acontecer e em qual prazo. E dizem: “Bote preço nisso aí.”

Não deveria ser assim.

Nessa hora crítica do início da seleção de quem vai lhe prestar serviços por um longo tempo, 12 itens devem ser respondidos e não podem esquecidos, esteja onde você estiver:

1 – Integridade e Conformidade (Compliance)

Empresa que não é capaz de demonstrar sua conformidade fiscal, licenças de operação, etc., só serve para ajudar a carregar o noticiário nosso de cada dia notícias vermelhas e negras sobre problemas na área. E não basta mostrar cada certidão, deve evidenciar também como procede para a manutenção de sua boa condição de fornecedor.

2 – Satisfação do Cliente

Está no DNA de qualquer empresa de serviço se preocupar com a satisfação do cliente. Mas como se mede e entrega isso? Pergunte ao fornecedor como ele vai garantir o cumprimento de suas promessas e se ele sabe qual seu papel para que seus clientes obtenham sucesso. Qual a metodologia? KPI? Periodicidade das avaliações?

3 – Envolvimento dos Funcionários

Serviços, na maioria esmagadora dos casos, acontecem e são realizados por pessoas. A pergunta a ser feita é: Como você motiva as pessoas da sua empresa? Quais são suas políticas e práticas para com seus recursos humanos? Como acontece a sua comunicação interna?

4 – Ferramenta de Gerenciamento de Desempenho

Quem não mede não gerencia. Mantra consagrado do mercado. Então a pergunta é objetiva: Com o que e como sua empresa gerencia (e demonstra) seu desempenho?

5 – Aprendizado e desenvolvimento

Quem não evolui, morre. Ou, no mínimo, fica pra trás, o que em muitos casos é a mesma coisa. Não se contrata quem não tem futuro. E só há futuro para quem está sempre aprendendo e se desenvolvendo. Quais são os programas contínuos de qualificação de pessoal? Onde e como a empresa busca se desenvolver? Em quais entidades participa?

6 – Referencias, Prêmios e Reconhecimento

O reconhecimento de uma empresa (das pessoas também) pode vir de prêmios alcançados mas também de referencias de quem já utiliza ou utilizou seus serviços. O mercado é voz e testemunho. Da empresa e de seus colaboradores.

Uma boa pergunta é quem são os gestores da empresa? Mostre seu histórico. Na linha do dize-me quem está na gestão e te direi quem és.

7 – Melhoria e Inovação

Melhoria não tem nada a ver com inovação. A lampada quando foi inventada não era uma melhoria da vela.

Mas ambas as práticas, de melhoria e inovação, estão presentes nas boas empresas.

8 – Qualidade

A busca pela excelência é obrigação de qualquer empresa que queira se perenizar no mercado. Evidencia de sistemas, normas e ferramentas para gestão da qualidade é um diferencial na escolha de parceiros.

9 – Responsabilidade Social e Sustentabilidade

Empresa que não se liga nesses temas, não vão ajudar sua empresa a serem mais responsáveis, seguras e sustentáveis.

10 – Estratégia e Finanças

Empresa boa para se firmar parceria é aquela que tem uma estratégia clara para seus negócios. E é capaz de apresenta-la sem titubear.

Quanto a finanças é sempre bom saber se a empresa é saudável e vai aguentar eventuais trancos, riscos que a atividade empresarial tem como premissa.

11 – Segurança

Segurança em primeiro lugar. Por tão óbvio, nem deveria estar na lista de possíveis esquecimentos. Então porque está aqui na lista em décimo-primeiro lugar? Vai que alguém esquece de perguntar … Nesse caso é simples: mostre seus números.

12 – Quem vai fazer acontecer?

Você pede uma proposta e o que lhe apresentam é o Que, Como, Quando, Onde e Porque os serviços serão realizados. Em geral as empresas não apresentam quem vai fazer acontecer. QUEM vai tocar o serviço?

Muitas empresas tem uma excelente área comercial. Depois de assinado o contrato, o pessoal de vendas tira o time de campo e quem aparece para tocar o serviço? Surpresa!

Para evitar o pior, peça para conhecer quem vai estar a frente dos trabalhos. Uma boa sugestão é: obtenha referências e entreviste quem vais gerenciar as operações ou liderar os serviços. É com esse pessoal que o casamento de verdade vai acontecer.

Abraços

Paulo Walter

paulo.walter@manutencao.net

Se você precisa profissionalizar sua área de Gestão de Facilities, posso lhe ajudar. Entre em contato e falamos a respeito.

In-haus 650x380
Publicado por: Paulo Walter

1 Comentário


  1. Ademir Teixeira

    Muito inteligente e oportuno este tipo de reflexão, parabéns e que este caminho se já seguido por todos que respiram qualidade nàquilo que faz

× Converse no WhatsApp
In-Haus 750x120