oferecimento
Esqueci minha senha
Milton Zen

Blog Magzen

Milton Zen

 

Regras de Segurança do Trabalho

- 09/08/2013

Muito se tem falado e escrito sobre o que devemos fazer para nos proteger contra a cidentes no ambiente do trabalho. Entretanto, relendo um documento recentemente deparei-me com informações simples e básicas que podem muito nos ajudar a evitar acidentes.

O interessante é que elas se encontram muito próximas a nós, mas ao mesmo tempo distante de nosso dia a dia, pois tal documento é usado e em algumas vezes esquecido na gaveta.

Ma o que importa é citar quais são essas regras. Aqui vai.

  1. A distração é um dos maiores fatores de acidentes. Trabalhe com atenção e dificilmente se acidentará.
  2. A oficina e lugar de trabalho. As brincadeiras devem ser reservadas para horas de folga.
  3. Seus olhos não se recuperam depois de perdidos. Use óculos protetores sempre que o seu trabalho o exigir.
  4. A pressa e companheira inseparável dos acidentes. Faça tudo com tempo para trabalhar bem e com segurança.
  5. Quando não souber ou tiver dúvida sobre algum serviço, pergunte ao seu mestre ou capataz, para prevenir-se contra possíveis acidentes.
  6. As suas mãos levam para casa o alimento para sua família. Evite pô-las em lugares perigosos.
  7. Não deixe tábuas com pregos espalhadas pela oficina, porque podem causa de sérios acidentes.
  8. Comunique ao seu chefe toda e qualquer anormalidade ou defeito que notar na máquina ou ferramenta que for utilizar.
  9. Não improvise ferramentas, procure uma que seja adequada para o serviço.
  10. Lembre-se que você não é o único no serviço e que a vida de seu companheiro e tão preciosa quanto a sua.
  11. Utilize em seus trabalhos ferramentas em bom estado de conservação, para prevenir possíveis acidentes.
  12. Não fume em lugares onde se guardem explosivos e inflamáveis.
  13. Coopere com seus companheiros em beneficio da segurança de todos e siga os conselhos de seu chefe ou feitor.
  14. O hábito de usar cabelos soltos durantes o serviço tem dado causa graves e irreparáveis acidentes. Use touca protetora quando seu trabalho reclamar.
  15. Manda a lei que o seu o patrão forneça os equipamentos de proteção que você necessita para o trabalho, mas você também está obrigado a usá-los, para prevenir acidentes e evitar as doenças profissionais.
  16. Mostre ao seu novo companheiro os perigos que o cercam no trabalho.
  17. Cada acidente é uma ligação que deve ser apreciada, para evitar maiores desgraças.
  18. Todo acidente tem uma causa que é preciso ser pesquisada, para evitar a sua repetição.
  19. Se você for acidentado, procure logo o socorro médico adequado. Não deixe que “entendidos” e “curiosos” concorram para o agravamento de sua lesão.
  20. Se você não é eletricista, não se meta a fazer serviços de eletricidade.
  21. Procure o socorro médico imediato, se for vítima de um acidente amanhã será tarde demais.
  22. As máquinas não respeitam ninguém; mas você deve respeitá-las.
  23. Atenda ás recomendações dos membros da CIPA e dos seus mestres e chefes.
  24. Conheça sempre as regras de segurança da seção onde você trabalha. Conversa e discussões no trabalho predispõem a acidentes pela desatenção.
  25. Leia e reflita sempre os ensinamentos contidos nos cartazes e avisos sobre prevenção de acidentes.
  26. Os anéis, pulseiras, gravatas e mangas compridas não fazem parte do seu uniforme de trabalho.
  27. Mantenha sempre as guardas protetoras das máquinas nos devidos lugares.
  28. Pare a máquina quando tiver que conserta- lá ou lubrificá-la.
  29. Habitue-se a trabalhar protegido contra os acidentes. Use equipamentos de proteção adequados a seu serviço.
  30. Conheça o manejo dos extintores e demais dispositivos de combate ao fogo existente em seu local de trabalho. Você pode ter necessidade de usá-los algum dia.

Isso posto, tenho certeza de que estão se perguntando. Que documento é esse?

Pois bem, é a nossa velha Carteira de Trabalho.

Abraços

Milton A G Zen

magzen@manutencao.net

milton.zen@gmail.com

magzen@magzen.eng.br

 

Publicado por: Milton Zen

Nenhum comentário ainda