oferecimento
Esqueci minha senha

COMO TRANSFORMAR DIFERENÇAS EM FORÇA PARA VENCER DESAFIOS

- 09/12/2015

Primeiramente creio ser importante lembrar algo que é sabido pela grande maioria de nós. A SINERGIA.

Sinergia ou Sinergismo, é definida como o efeito ativo e retroativo do trabalho ou esforço coordenado de vários subsistemas na realização de uma tarefa complexa ou função.

Quando se tem a associação concomitante de vários dispositivos executores de determinadas funções que contribuem para uma ação coordenada, ou seja, o somatório de esforços em prol do mesmo fim, tem-se sinergia. O efeito resultante da ação de vários agentes que atuam de forma coordenada para um objetivo comum pode ter um valor superior ao valor do conjunto desses agentes, se atuassem individualmente sem esse objetivo comum previamente estabelecido. O mesmo que dizer que “o todo supera a soma das partes”. (https://pt.wikipedia.org/wiki/Sinergia)

Trazendo esta definição para o ambiente profissional, podemos dizer que ter Sinergia Profissional é buscar somar forças, buscar integração entre as partes envolvidas na organização (as pessoas), fazendo com que todos foquem e apliquem suas “forças” no mesmo sentido. E acrescento, até alcançá-lo. Isto é um grande desafio.

Um exemplo interessante é que quando envolvemos nossas equipes em um projeto desde o início, ou seja, desde a sua concepção, esperamos obter dos envolvidos mais engajamento e comprometimento. Mas isso nem sempre acontece. Cada um apresenta sua opinião e às vezes é difícil traçar um plano de ação, que muitas vezes acaba sendo traçado pelo caminho da autoridade e todos devem seguir.

Eis aí uma questão a ser considerada: As diferentes percepções que cada um tem do objetivo traçado determina o comportamento que terão ao longo do percurso. E isto é determinante para o resultado final. A percepção que cada um tem dos fatos está diretamente ligada a fatores, tais como, temperamento/personalidade e características pessoais provenientes das experiências ao longo da vida, que hoje são estudadas em classes definidas de faixa etária, que são as conhecidas “gerações”.

Observe na figura abaixo que quanto mais pessoas de gerações diferentes estiverem trabalhando juntas, maior será a complexidade para administrar os conflitos que podem surgir.

Conflito entre gerações

Na tabela abaixo podemos observar algumas das características peculiares de cada geração. Observamos no dia a dia, e em nós mesmos, que mesmo os nascidos em determinada geração possuem algumas características de outras gerações. Não é uma equação matemática. É a beleza da vida com sua diversidade. A grande capacidade que temos de interagir entre todos traz consigo a chamada “dificuldade de convivência”, e ao mesmo tempo recheia o ambiente de oportunidades e de um altíssimo potencial para resultados excepcionais.

Veja quais característica você possui de cada geração. Marque com um marcador de texto.

BOOMERS GERAÇÃO X GERAÇÃO Y GERAÇÃO Z
Nascidos entre
(45 a 70 anos)
Nascidos ente(35 a 45 anos) Nascidos entre(19 a 34 anos) Nascidos entre(até 19 anos)
Geração do EU Histórico Escolar Atitudes Sustentáveis Precoces
Uma das mais Ativas Maturidade Emocional Ajudam Meio Ambiente Pouco Diálogo
Padrão de vida estável Concentração Mundo mais Liberal Distraídos
Ocupantes de grandes cargos hoje Vaidades Ultrapassadas Integrados Digitais Plugados Sociais
Fiéis à Empresa Responsabilidade Inteligentes Nativos Digitais
Pouca influência de outros Geradores de Equipes Menos Filhos Globalizados
Decisões firmes e maduras Talentosos Rapidez e Eficiência Pensamento não Linear
Trabalham depois de aposentados Capacidade de Aprender Absorvem Processos e Funções Multitarefas
Esperançosos Mais Filhos Resolvidos Imediatistas
Otimistas Aceitam Mudanças Dificuldades com Regras Confrontadores
Buscam Segurança Independentes Grande Aprendizado Geração Zaping
Cooperativos Individualistas Não Tradicional Virtuais
Resistentes à mudanças Empreendedores Céticos Isolados

Se acharmos o caminho da sinergia entre as diversas gerações envolvidas no ambiente de trabalho provaremos resultados muito superiores e seremos impulsionados para novos níveis de sucesso.
Para tanto é preciso conhecer bem as pessoas envolvidas. Existem ferramentas apropriadas para isto.
Quando conversávamos, eu e o Paulo Walter, a respeito deste assunto, falamos que primeiro devemos identificar a que geração cada um pertence. Pois o simples fato de pertencer a uma geração já traz consigo um “padrão” aproximado de comportamento determinado. Depois precisamos descobrir seu perfil de comportamento. Se é metódico, se é um idealizador, se é ávido por resultados ou se preza pela qualidade dos relacionamentos interpessoais. Estes dois passos iniciais já nos darão uma perspectiva de como devemos nos comunicar com cada um. Muitas vezes esperamos de certas pessoas o que elas não têm para dar, pois às vezes estão em posições/funções incompatíveis com seu perfil pessoal.
É possível, a partir desta prévia avaliação, buscar o alinhamento entre as diversas características de cada pessoa com os alvos que queremos alcançar.
Uma das maneiras para criar o caminho da sinergia é apresentar o “propósito” a ser alcançado, ou seja, por que queremos chegar lá, e não somente “o que” precisa ser alcançado. Quando deixamos o “propósito” de lado cada um estará lutando pelo seu próprio propósito.
A comunicação deve ser feita de maneira “descriptografada” levando-se em conta os elementos (pessoas) de cada geração (me permita usar este termo, pois muitas vezes queremos comunicar aos outros algo da forma como entendemos este algo, e não da forma que o outro entenda na linguagem/percepção dele. Com isso a mensagem sai “criptografada e não pode ser compreendida corretamente).
A boa “comunicação” focada no conhecimento das pessoas e a clareza do “propósito” são fundamentais para o melhor aproveitamento dos potenciais de cada um e para o sucesso desejado.
Em breve falaremos mais sobre como identificar as características de comportamento pessoal e como nos comunicar eficientemente com elas.
Temos uma desafiadora jornada pela frente de misturar as gerações, com as quais estaremos sempre envolvidos, para alcançarmos resultados maiores. Este trabalho requer experiência, paciência e sensibilidade.
Se estabelecermos um padrão de comunicação diferente teremos resultados diferentes.
Até lá.
Espero ter contribuído para a melhoria do seu resultado.
Um grande abraço a todos.

Sergio Luiz S. Oliveira
www.930metros.com.br
coach@930metros.com.br
+55 (21) 97016-0581
Dezembro/2015

Texto relacionado: X,Y ou Z. Em que geração você se encaixa?

Publicado por: Sérgio Oliveira

1 Comentário


  1. Monica Radicetti Riedlinger

    Excelente !!!!!