Manutenção.net Notícias

oferecimento
Esqueci minha senha

Análise de Vibração – Cuidado: a configuração dos pontos pode te enganar

Artigos - 18/08/2017

Durante uma inspeção de check list de manutenção, foi observado um ruído anormal do redutor de acionamento do 3º e 4º terno da moenda.

Foi solicitada ao técnico de manutenção preditiva, uma análise de vibração completa no conjunto.

 

Analisando os espectros de vibração em velocidade, o técnico de manutenção preditiva não conseguiu diagnosticar com precisão a existência de alguma anomalia no redutor.

Analisando os espectros de vibração em aceleração, foi possível observar a frequência de falha do engrenamento e harmônicos, porém sem energia suficiente para conclusão de um defeito.

Analisando no domínio no tempo, não foi possível diagnosticar a existência de alguma anomalia no redutor.

O técnico de manutenção preditiva ficou incomodado com a situação, pois o ruído continuava e não era possível dar um diagnostico preciso sobre um defeito no redutor baseado nas informações coletadas.

Como deve ser o técnico não se deu por vencido e alterou a configuração de alguns pontos de coletas e para sua grata surpresa, o defeito ficou visível.

Domínio no tempo, apresentando os impactos gerados pelo engrenamento de saída.

Domínio no tempo: É possível observar que após a nova configuração do ponto o defeito foi ficou visível. Azul configuração antiga, Rosa  configuração nova.

Conclusão:

Na configuração antiga, o intervalo para coleta era de 1,06 segundos, não sendo possível identificar o defeito porque o tempo entre eventos e de 0,67 segundos. Nesta configuração somente um impacto poderia ser visualizado.

Configuração Anterior

T= Nº de Linhas / Range (Hz)

T= 3200 / 3000

T= 1,06 s

Foi alterada a configuração de medição.

Nova Configuração

T= Nº de Linhas / Range (Hz)

T= 3200 /1000

T= 3,2 s

Não foi uma configuração ideal, porém suficiente para deixar evidenciado o defeito na engrenagem coroa do redutor.

A Configuração Ideal deveria ser:

Rotação de Saída: 90 RPM ou 1,5Hz;

Tempo Entre Eventos = 60 / RPM              60 / 90 RPM       0,67 segundos

Tempo de Amostragem para uma configuração ideal        = 6,7 segundos à 10,05 segundos

Configuração Ideal

T= Nº de Linhas / Range (Hz)

T= 3200 / 400

T= 8 s

 

Este artigo foi escrito por Aleçandro Acorsi (a.acorsi@uol.com.br)

Interessado em soluções para Monitoramento de Análise de Vibrações e Balanceamento de Máquinas?
Fale com a TEKNIKAO

www.teknikao.com.br

Publicado por: Nicolas Lesnau

Nenhum comentário ainda