Manutenção.net Notícias

oferecimento
Esqueci minha senha

Alstom reúne acionistas e aprova governança da futura Siemens Alstom

Operação está sendo investigada pela autoridade antitruste europeia

Economia, Notícias - 19/07/2018

JPstock/Shutterstock.com

A francesa Alstom convocou seus acionistas para uma reunião em Paris na manhã desta terça-feira (17) para tratar de diretrizes referentes à operação com a Siemens para a combinação das empresas que resultará na criação da Siemens Alstom. A pauta era o plano de negócios sobre o orçamento do  ano fiscal 2017/18, a estratégia até 2020 e a composição do corpo diretivo que governará a companhia após a compra por parte da Siemens.

O futuro conselho de administração da Siemens Alstom será composto por 11 diretores. Serão seis membros independentes (55%) e cinco mulheres (45%). O presidente será Roland Busch como presidente e o CEO, Henri Poupart-Lafarge. Como parte da aquisição, os atuais acionistas da Alstom receberão, no dia anterior ao fechamento do deal, dois tipos de bonificação de até 4 euros por papel. Mais de 95% dos acionistas aprovaram essas resoluções. Na reunião, a direção da Alstom expressou sua expectativa de que o negócio com a Siemens seja aprovado pela Comissão Europeia, a autoridade antitruste da União Europeia, na primeira metade de 2019.

A Comissão Europeia abriu uma investigação no último dia 13 sobre a operação entre Alstom e Siemens para apurar possíveis prejuízos ao mercado e consumidores. A comissão afirma que nos mercados de insumos para trens e ferrovias e sinalização urbana a junção das companhias seria danosa. A nova empresa removeria um importante competidor e se transformaria em uma líder imbatível de mercado.

Ainda no dia 13, o Office of Rail and Road (ORR), departamento regulador econômico e de segurança das ferrovias e rodovias britânicas, concordou com a decisão da Comissão Europeia de iniciar uma investigação. A executiva Joanna Whittington disse que “estamos preocupados que a proposta de fusão entre Siemens e Alstom reduza significativamente a competição, levando a um aumento de preços nos mercados ferroviários e de sinalização britânicos”.

No Brasil, o negócio de mobilidade da Siemens atua no mercado de sistemas inteligentes de tráfego e sistemas de sinalização e eletrificação ferroviária. A Comissão Europeia tem 90 dias úteis, até 21 de novembro de 2018, para tomar uma decisão.

Disponível em: https://www.lexisnexis.com.br/lexis360/noticias/1077/alstom-reune-acionistas-e-aprova-governanca-da-fut/

Publicado por: Manutenção .NET

Nenhum comentário ainda